00h00 - sexta, 24/01/2014

Prémio para novo livro
de António José Brito

Prémio para novo livro de António José Brito

O livro 30 Anos de Jornais no Baixo Alentejo, de António José Brito, antigo director do "CA", foi distinguido pelo Gabinete para os Meios de Comunicação Social (GMCS).
O livro foi galardoado com um apoio financeiro destinado à sua edição no valor de 1.500 euros no âmbito do incentivo à investigação e à edição de obras sobre comunicação social depois de avaliado por um júri formado pelo jornalista Pedro Rolo Duarte, pelo presidente da Escola Superior de Comunicação Social de Lisboa, Jorge Veríssimo, e pelo jurista Miguel Freitas da Costa.
Lançado em Castro Verde no passado dia 28 de Novembro, o livro teve uma segunda apresentação na Escola Secundária de Almodôvar e brevemente serão feitas apresentações nas bibliotecas de Aljustrel e Odemira.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - sexta, 23/02/2018
"AgdA vai investir
64 milhões no distrito
de Beja até 2020"
O presidente do conselho de administração da Águas Públicas do Alentejo (AgdA), Joaquim Marques Ferreira, revela ao "CA" os investimentos que a empresa tem em curso no Baixo Alentejo, que superam os 60 milhões de euros.
00h00 - sexta, 23/02/2018
EMAS Beja dinamiza
"Heróis da Água"
A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja iniciou nesta semana mais uma edição do projecto de sensibilização ambiental "Heróis da Água", destinado aos mais novos.
00h00 - sexta, 23/02/2018
Câmara de Odemira
descentraliza reuniões
Envolver a população nas decisões políticas e na gestão do território é o grande objectivo da Câmara de Odemira com a realização de reuniões nas freguesias, no âmbito do programa municipal "Odemira Participa".
07h00 - quinta, 22/02/2018
"Beja Educa" nas
escolas do concelho
Promover um ensino de qualidade para todos e o sucesso escolar é o grande objectivo do programa municipal "Beja Educa", que a Câmara de Beja tem no terreno em várias escolas do concelho.
07h00 - quinta, 22/02/2018
CM Castro Verde
vai regularizar
vínculos precários
Garantir a estabilidade "profissional e pessoal" dos colaboradores que tenham um vínculo de trabalho precário com a autarquia é o objectivo da Câmara de Castro Verde, que já está a avançar com o processo de regularização de trabalhadores com este tipo de vínculos contratual.

Data: 09/02/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial