00h00 - sexta, 21/02/2014

Igreja de Évora reparada após danos
provocados por construção de hotel

Igreja de Évora reparada após danos provocados por construção de hotel

A centenária e classificada Igreja das Mercês, situada em pleno centro histórico de Évora, vai entrar em obras de reparação, após ter sofrido danos na sua estrutura durante a construção de um novo hotel.
António Carlos Silva, da Direcção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlen), adianta à Agência Lusa que a empresa proprietária do hotel e o empreiteiro decidiram avançar com a reparação da igreja e que "o projecto já está adjudicado a uma empresa especializada".
O director de serviços de bens culturais da DRCAlen realçou que "o espólio do Museu de Évora que estava guardado na igreja já foi distribuído por outros espaços" e que, por sugestão da protecção civil municipal, foi criado um perímetro de segurança.
"Não há perigo de derrocada iminente. Longe disso, mas, por uma questão de precaução, foram feitos alguns trabalhos e foi criado um perímetro de segurança", refere.
Durante a construção do hotel B&B Évora, entretanto já inaugurado, foram detectados danos, como "o surgimento de fissuras", na Igreja das Mercês, construída em 1670 e classificada como Imóvel de Interesse Público.
A unidade hoteleira, do grupo português Endutex Hotéis, está localizada, na Rua do Raimundo, uma das artérias que faz ligação à Praça do Giraldo, "sala de visitas" da cidade alentejana, ao lado da igreja.
Contactada pela Lusa, Gisela Barros, da Endutex Hotéis, explica que estão "a aguardar o projecto de reparação" para, depois, se "avançar com a reparação" da igreja, prevendo a sua conclusão "num par de meses".
"A não reparação do agravamento de algumas fendas pré-existentes nunca esteve para nós em causa", diz, indicando que, por ser um edifício especial, o processo "foi avaliado com mais cuidado e rigor, o que exigiu mais tempo para validação final de todos os intervenientes, incluindo técnicos peritos do seguro".
A responsável escusa-se a revelar quem vai suportar os custos das obras de recuperação, por o "processo estar em curso", considerando que, "nesta altura, a garantia da intervenção iminente é o que realmente importa".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 18/02/2020
Ourique constrói novas ETAR
em Grandaços e Santana da Serra
A Câmara de Ourique vai investir um total de cerca de 283 mil euros nas novas estações de tratamento de águas residuais (ETAR) nas aldeias de Grandaços (já construída) e de Santana da Serra (em construção).
07h00 - terça, 18/02/2020
EMAS faz obras
em Santa Vitória
A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja vai iniciar, já no mês de Março, uma intervenção na rede de água da aldeia de Santa Vitória, num investimento avaliado em cerca de 28 mil euros.
07h00 - terça, 18/02/2020
CM Odemira atribui
bolsas de estudo
A Câmara de Odemira vai atribuir, neste ano lectivo de 2019-2020, um total de 61 bolsas de estudo a alunos do concelho que frequentam o ensino superior e três prémios de mérito para alunos do ensino secundário, num investimento de quase 75 mil euros.
07h00 - segunda, 17/02/2020
"PS presta contas"
na cidade de Beja
O Beja Parque Hotel, na cidade de Beja, recebe nesta segunda-feira, 17, pelas 21h00, a iniciativa "PS Presta Contas", que contará com a presença na ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão.
07h00 - segunda, 17/02/2020
Saúde no concelho de Odemira
preocupa deputados do PS
Os dois deputados do PS eleitos por Beja questionaram a ministra da Saúde sobre as carências na área da Saúde verificadas no concelho de Odemira e sobre a escassez de profissionais de saúde e de equipamentos no Hospital do Litoral Alentejano.

Data: 07/02/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial