00h00 - segunda, 27/11/2017

Autarca de Almodôvar
quer nova barragem

Autarca de Almodôvar quer nova barragem

O presidente da Câmara Municipal de Almodôvar defende a construção de uma nova barragem da ribeira de Oeiras. A infra-estrutura ficaria situada na freguesia de Almodôvar, na zona da Camacha, entre as estradas nacionais 2 e 237, e permitiria que em momentos de seca como o que se vive actualmente na região (e em todo o país) não houvesse problemas no abastecimento público nos concelhos de Almodôvar, Castro Verde e Mértola.
Em declarações ao "CA", António Bota lembra que a construção desta barragem esteve sobre a mesa "há 30 anos", acabando por não avançar por questões ambientais. "Trinta anos passados, acho que foi um erro colossal não ter sido feita esta barragem. Hoje não estaríamos a passar o problema por que passamos", argumenta o autarca socialista.
Agora, passadas três décadas, António Bota acredita existirem condições para se voltar a discutir o assunto e concretizar a construção da nova barragem. "Se os estudos foram feitos, se o caudal está estudado e se a zona de implantação da barragem está estudada, é uma questão de vontade política. Da parte do Município de Almodôvar existirá naturalmente uma pressão sobre o Governo central para que seja feita", garante.
De acordo com o edil almodovarense, a nova barragem iria igualmente permitir aumentar os caudais subterrâneos e a humidade do ar. "E essa necessidade está provada", diz, para logo acrescentar: "Só nos falta mesmo a vontade política de colocar em prática um projecto que tem muita viabilidade. Não para fins agrícolas, mas especialmente para abastecimento e consumo humano".
Por tudo isto, António Bota afiança que a barragem na ribeira de Oeiras só não será realidade "por má vontade política dos governantes centrais". "Ela tem de ser feita com a máxima urgência, assim como a ligação do Alqueva à barragem do Monte da Rocha! Não podemos esperar mais tempo, porque senão não temos água para dar aos nossos consumidores. E sem água não há vida!", conclui.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - sexta, 23/02/2018
"AgdA vai investir
64 milhões no distrito
de Beja até 2020"
O presidente do conselho de administração da Águas Públicas do Alentejo (AgdA), Joaquim Marques Ferreira, revela ao "CA" os investimentos que a empresa tem em curso no Baixo Alentejo, que superam os 60 milhões de euros.
00h00 - sexta, 23/02/2018
EMAS Beja dinamiza
"Heróis da Água"
A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja iniciou nesta semana mais uma edição do projecto de sensibilização ambiental "Heróis da Água", destinado aos mais novos.
00h00 - sexta, 23/02/2018
Câmara de Odemira
descentraliza reuniões
Envolver a população nas decisões políticas e na gestão do território é o grande objectivo da Câmara de Odemira com a realização de reuniões nas freguesias, no âmbito do programa municipal "Odemira Participa".
07h00 - quinta, 22/02/2018
"Beja Educa" nas
escolas do concelho
Promover um ensino de qualidade para todos e o sucesso escolar é o grande objectivo do programa municipal "Beja Educa", que a Câmara de Beja tem no terreno em várias escolas do concelho.
07h00 - quinta, 22/02/2018
CM Castro Verde
vai regularizar
vínculos precários
Garantir a estabilidade "profissional e pessoal" dos colaboradores que tenham um vínculo de trabalho precário com a autarquia é o objectivo da Câmara de Castro Verde, que já está a avançar com o processo de regularização de trabalhadores com este tipo de vínculos contratual.

Data: 09/02/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial