07h00 - sexta, 04/05/2018

Aljustrel investe na
economia e área social

Aljustrel investe na economia e área social

A Câmara Municipal de Aljustrel concluiu nesta semana um leque de candidaturas a fundos comunitários, num investimento total a rondar os nove milhões de euros. Os projectos incidem na área económica e social, sendo que nesta última a autarquia surge como parceira de três instituições particulares de solidariedade social (IPSS) do concelho.
"Entre o quadro comunitário de 2007-2013 e o actual quadro 2014-2020 ainda não tínhamos tido oportunidade de intervir nestas áreas. Mas eram duas linhas estratégicas que ambicionávamos há muito tempo em que só há cerca de dois meses houve avisos de concurso que potenciam com apoios comunitários a execução desta visão estratégica que nos acompanha há muito. E estes são dois pilares de actuação que se revestem de extrema importância para o concelho de Aljustrel", sublinha ao "CA" o autarca Nelson Brito.
Na área económica, as candidaturas apresentadas prevêem a expansão da área empresarial de Aljustrel, a implementação de uma nova área empresarial na freguesia de Ervidel, para tirar partido das potencialidades criados pelo regadio do Alqueva, e a requalificação da área empresarial de Montes Velhos.
Paralelamente, a Câmara Municipal pretende avançar com a criação do Centro de Negócios de Aljustrel (CNA) no edifício do antigo Matadouro Municipal. O projecto candidatado ao Alentejo 2020 está avaliado em quase 1,2 milhões de euros e será composto por 13 gabinetes de trabalho, albergando ainda outras valências. Este novo equipamento terá como objectivo "contribuir para a diversificação e competitividade do tecido empresarial, estimulando a inovação e o espírito empreendedor no concelho de Aljustrel".
"É muito importante que esta nova visão, através do CNA, venha permitir a criatividade e o empreendedorismo neste concelho", reforça Nelson Brito.
A par destes projectos, a Câmara de Aljustrel surge como parceira de mais três candidaturas a fundos comunitários, todas na área social e lideradas por três IPSS sediadas no concelho.
Uma das candidaturas visa, através da Misericórdia de Aljustrel, a criação de Unidade de Cuidados Continuados junto ao Centro de Saúde, que terá capacidade para 30 utentes. Foram também candidatados os projectos de requalificação do lar de terceira idade de Messejana, pela Misericórdia de Nossa Senhora da Assunção, e a ampliação do Centro de Dia de Rio de Moinhos, para a criação da valência de lar, pela Cocaria – Associação de Solidariedade Social de Rio de Moinhos.
"Estas intervenções revestem-se de grande importância, em primeira linha, para aqueles que são os beneficiários. Mas além de gerar esta possibilidade de apoio à doença e à Terceira Idade, vai também permitir mais empregabilidade no sector social", enfatiza com satisfação o autarca Nelson Brito, que espera ver todas estas candidaturas aprovadas.
"Todos estes projectos têm maturidade e não foram feitos à medida destes avisos. Por isso, aguardamos com enorme expectativa que estas candidaturas, pela sua solidez, maturidade e importância estratégica para o concelho de Aljustrel, sejam aprovadas, para que possam ser alavancadas nos próximos anos no território", conclui.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 15/02/2019
CPCJ de Castro Verde
aposta na prevenção em 2019
"Atacar" as áreas em que o tecido social do concelho "revela maiores fragilidades": é esta grande meta do plano de intervenção da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Castro Verde para 2019.
07h00 - sexta, 15/02/2019
Marciano ou Gonçalo? PSD escolhe novo líder
De um lado surge um militante histórico, fundador do partido na região e que teve grande actividade política durante o período "cavaquista"; do outro lado um jovem social-democrata, que presidiu fugazmente a uma das mais importantes concelhias do partido no Baixo Alentejo (a de Ourique) e que tem sido um dos "rostos" mais visíveis na região no apoio a Rui Rio.
07h00 - sexta, 15/02/2019
Presidentes
de assembleias
municipais reúnem
A sede da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) recebe nesta sexta-feira, 15, durante a tarde, um encontro com os presidentes das assembleias municipais do distrito.
07h00 - quinta, 14/02/2019
Portagem na A26 tem de
avançar até 14 de Março
Durante a reunião com os autarcas da região em Beja, o ministro Pedro Marques garantiu ainda que foi dado um prazo, até ao dia 14 de Março, para a concessionária iniciar a obra da portagem da A26 relativa ao troço, já construído, entre Malhada Velha e o nó da A2 em Santa Margarida do Sado.
07h00 - quinta, 14/02/2019
Governo garante construção
de variante em Aljustrel
O ministro do Planeamento e Infra-estruturas garantiu nesta quarta-feira, 13, em Beja, que a construção da variante rodoviária à vila de Aljustrel vai constar no Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030.

Data: 08/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial