00h00 - sexta, 22/06/2018

Cante, fado e petiscos
"enchem" ruas de Beja

Cante, fado e petiscos "enchem" ruas de Beja

A cidade de Beja recebe neste fim-de-semana, 22 a 24 de Junho, a primeira edição do Festival B, a nova aposta cultural da autarquia que concilia o cante alentejano com o fado e os petiscos.
"São três faces de um mesmo festival, de uma mesma necessidade ancestral, de alimentar a alma e o corpo", revela a organização do evento, que pretende, acima de tudo, "celebrar a ligação intemporal da cidade de Beja e da região com essas três dimensões da existência e realização humanas".
O Festival B tem direcção artística de Paulo Ribeiro e depois de um vasto trabalho de ensaios e pequenas apresentações em diversos pontos do concelho arranca oficialmente na próxima sexta-feira, 22 de Junho.
Contará com quatro palcos espalhados por vários pontos da cidade, do museu da rua do Sembrano ao "hospital velho", passando pelo Museu Regional e pela Praça da República (onde também estará uma zona de restauração), e todos os concertos serão ao ar livre, com entrada gratuita e nunca em simultâneo.
O primeiro dia de espectáculos, na sexta-feira, 22, arranca às 17h00 com o espectáculo "Cante nas Escolas" no Museu Regional. O mesmo palco receberá ainda os concertos dos "Alentejo Cantado" (19h00) e de Marco Rodrigues & Cantadores de Beringel (23h00). Pelo palco do museu da Rua do Sembrano vão passar o concerto "Cante & Fado" (17h45) e o espectáculo "Fados do Sul", com Ana Rato, Ana tareco, Daniela Santos e Francisco Aires (21h00). Já na Praça da República actuam Paulo Colaço & Mocinhos em Cante (19h00) e Cuca Roseta & Os Vocalistas (00h15), enquanto no "hospital velho" vão cantar Os Improváveis – Beca Beca (21h45).
O espectáculo "Cante & Fado", pelas 17h00, marca o início das "hostilidades" no sábado, 23, seguindo-se os Cantadores do Desassossego às 18h15 na Praça da República. "Fados do Sul", com Mafalda Vasques, Sandra Reis, Carlos Filipe e António Cláudio são a proposta para o palco do "hospital velho" pelas 19h00, sendo que às 21h00 actuam no Museu Regional os Camponeses de Pias & Paulo Ribeiro. Os Improváveis – Beca Beca apresentam-se às 21h45 no "hospital velho", terminando a noite com dois grandes concertos: de Nancy Vieira & António Caixeiro às 23h00 na Praça da República, e de Ricardo Ribeiro & Os Ganhões de Castro Verde às 00h15 no Museu Regional.
A primeira edição do Festival B termina no domingo, 24 de Junho, dia em que o programa começa às 17h00 com o concerto de Celina da Piedade & Douradas Espigas de Albernoa, no Museu Regional. Por lá irão ainda actuar os Monda, acompanhados pelo Gospel Collective (22h15) e Kátia Guerreiro & Bafos de Baco, no espectáculo que encerrará o evento (23h30).
Neste último dia terão também lugar os concertos de Moços da Aldêa, Valas & Fernando Pardal (18h15 na Praça da República), de Daniela Helena (19h30 na rua do Sembrano), e d'Os Improváveis – Beca Beca (21h00 no "hospital velho").


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 13/11/2018
Odemira aposta na
valorização do rio Mira
Materializar a política de valorização das margens do rio Mira na área do concelho de Odemira, desde a barragem de Santa Clara até Vila Nova de Milfontes é o objectivo do Plano Estratégico e Operacional de Valorização do Rio Mira, promovido pela Câmara de Odemira.
07h00 - terça, 13/11/2018
Documentário filmado
em Mértola premiado
O documentário "Terra", co-realizado por Hiroatsu Suzuki e Rossana Torres e filmado no concelho de Mértola, arrecadou o prémio para melhor filme da competição portuguesa durante a última edição do festival DocLisboa.
07h00 - segunda, 12/11/2018
Cine-teatro de Almodôvar
pronto para reabrir portas
Depois de cerca de seis anos de obras de requalificação, com atrasos e muitos problemas pelo meio, o cine-teatro municipal de Almodôvar vai reabrir portas no próximo ano de 2019.
07h00 - segunda, 12/11/2018
PCP alerta para falta
de médicos em Ourique
Um em cada cinco utentes residentes no concelho de Ourique não tem médico de família atribuído, num total de 1081 pessoas, sobretudo oriundas da freguesia de Garvão.
07h00 - segunda, 12/11/2018
Câmara de Odemira elogia
abandono do projecto
de prospecção de petróleo
A Câmara de Odemira aprovou a 31 de Outubro, por unanimidade, manifestar a congratulação pelo facto de o consórcio ENI/ GALP ter abandonado o projecto de prospecção e exploração de petróleo ao largo do Alentejo Litoral.

Data: 09/11/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial