07h00 - terça, 17/07/2018

Columbófilo de Entradas
ganha título distrital

Columbófilo de Entradas ganha título distrital

Paulo Bárbara, columbófilo de Entradas, no concelho de Castro Verde, garantiu pela terceira vez o título distrital na Geral (categoria que soma os resultados obtidos nas vertentes de Velocidade, Meio-Fundo e Fundo), vencendo a Zona Sul em 2018.
"Como em todas as modalidades, a gente trabalha sempre para ganhar. E eu trabalho sempre para ser campeão em todas as categorias", explica ao "CA" o columbófilo de 52 anos, orgulhoso das suas conquistas. "Às vezes torna-se difícil, pois jogar o bom a todas as provas torna-se complicado. Mas eu gosto de ganhar em todas", acrescenta a sorrir Paulo Bárbara, que concorre pela Sociedade Columbófila Asas Verdes, de Castro Verde, e que soma já três títulos distritais na Geral: dois em nome próprio e mais um pela Dupla de Entradas.
O tempo agora é de descompressão, sem o rigor dos horários e com treinos mais livres, mas Paulo Bárbara já pensa em novas conquistas na temporada de 2019. "Quero ganhar tudo: Velocidade, Meio-Fundo, Fundo e Geral", anuncia.
Antes haverá ainda a Exposição Distrital, que depois permite o acesso à Exposição Nacional. "Sou capaz de ter dois ou três pombos capazes de irem à Exposição Nacional. O ano passado tive uma [pomba] em Fundo, que ficou em terceiro lugar no distrito e em sexto a nível nacional. Este ano essa mesma fêmea é capaz de subir, porque tem umas boas classificações de fundo outra vez", afiança o columbófilo entradense, reconhecendo que ganhar a Exposição Nacional "é um bocadinho mais complicado".
"Mas já estive perto disso e tive azar. Tinha uma fêmea que tinha coeficiente para ser campeã nacional, mas perdi-a. É assim a vida", lamenta.
Os pombos e a columbofilia sempre foram uma paixão para Paulo Bárbara. Tanto que mesmo quando estava emigrado na Suíça já sonhava com o regresso a Portugal, consumado em 2005, para… poder voltar a competir!
"Pensei sempre que havia de voltar para Portugal para ser campeão nos pombos. E consegui! Em Entradas nunca ninguém tinha conseguido ser campeão da Geral e já se concorre aqui há cerca de 30 anos. E eu fui o único entradense que conseguiu bater os homens do [resto do] distrito", nota com orgulho.
Mas porquê este gosto pela columbofilia? "É inexplicável, nasce com a gente", responde de pronto Paulo Bárbara, cuja paixão o faz trabalhar todos os dias com a sua colónia de cerca de 200 pombos.
"São tratados de manhã e depois à tarde. É preciso muito trabalho, muita dedicação, muitas horas de esforço… Mas faço isto com gosto e quanto mais luta há, mais vontade tenho de trabalhar", remata.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 21/01/2019
Deputado do PS defende exportação de animais vivos
O deputado do PS eleito por Beja defendeu na passada semana, em debate parlamentar e discussão de projectos-lei sobre o tema, que a exportação de animais vivos deve continuar, não sendo necessário alterar a legislação em vigor.
07h00 - sexta, 11/01/2019
Aljustrel investe em novas áreas empresariais
A Câmara de Aljustrel vai investir quase cinco milhões de euros em quatro novas áreas empresariais, num investimento total de quase cinco milhões de euros, que tem comparticipação comunitária, através do programa Alentejo 2020, na ordem dos 4,2 milhões de euros.
07h00 - quinta, 10/01/2019
Baixo Alentejo
recebe 6 milhões
para coesão social
São mais de seis milhões de euros para os municípios do Baixo Alentejo dinamizarem, nos próximos três anos, novos projectos de coesão social para mitigar problemas como o desemprego, a pobreza e o envelhecimento.
07h00 - segunda, 31/12/2018
CM Almodôvar contra
fecho de balcão do BCP
A Câmara de Almodôvar contesta o encerramento, no início de 2019, do balcão local do banco Millennium BCP, considerando que esta decisão "não é do interesse municipal e não serve os interesses da população de Almodôvar".
07h00 - quinta, 27/12/2018
Roubos de azeitona
aumentam no Alentejo
A Olivum-Associação de Olivicultores do Sul, com sede em Beja, está preocupada com o aumento de roubos de azeitona no Alentejo e pede às autoridades policiais um aumento da fiscalização em postos de recepção.

Data: 11/01/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial