07h00 - quinta, 20/12/2018

Castro Verde já tem orçamento para 2019

Castro Verde já tem orçamento para 2019

Foi à segunda! A Câmara de Castro Verde vai contar em 2019 com um orçamento de 13 milhões e 350 mil euros, depois do Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP) terem sido aprovados, por maioria, em sessão extraordinária da Assembleia Municipal, realizada na noite desta quarta-feira, 19 de Dezembro. Os documentos, cuja primeira versão foi chumbada em Novembro pela maioria CDU na Assembleia Municipal, passaram agora com os votos favoráveis dos eleitos do PS e a abstenção da CDU.
"Creio que este é um momento importante na vida democrática no concelho de Castro Verde. A aprovação deste orçamento é, sobretudo, importante para os castrenses e para toda a população do concelho, porque este orçamento permitirá um conjunto de intervenções muito relevantes para benefício da vida pública de todos nós", sublinhou no final da sessão da Assembleia Municipal o presidente da Câmara de Castro Verde.
António José Brito referiu ainda que os documentos agora aprovados prevêem "obras que em 2019 vão avançar de modo muito efectivo" e "que há muito tempo deviam estar feitas", nomeadamente na rede de águas, na Escola Secundária e nas estradas para Santa Bárbara de Padrões e para a mina de Neves-Corvo, assim como a construção da Zona de Actividades Económicas.
"Portanto, este orçamento, a par de toda a actividade municipal, tem um plano de investimentos muito relevante para o concelho de Castro Verde. Estamos a falar em investimentos na ordem dos cinco milhões de euros e isto será absolutamente essencial para o concelho e para aquilo que são as mudanças que tudo isto implicará na melhoria da qualidade de vida de cada um de nós", acrescentou o autarca.
Recorde-se que entre os investimentos previstos nas GOP e Orçamento de 2019 da Câmara de Castro Verde estão igualmente as obras do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU).
Ainda no âmbito das GOP e Orçamento da Câmara de Castro Verde, as juntas de freguesia terão 30 mil euros cada para investimento no próximo ano, mais 10 mil que na versão inicial dos documentos, valor que se soma aos 373.200 euros pagos pela Câmara em função dos protocolos inter-administrativos e de execução. No total, as juntas de freguesia vão receber da autarquia quase 500 mil euros no próximo ano.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
22h13 - sexta, 10/07/2020
Covid-19: Testes negativos a
trabalhadores da Somincor
Os trabalhadores da Somincor, empresa mineira de Neves-Corvo, testados nesta quinta-feira, 9, ao coronavírus Covid-19 tiveram resultado negativo, adianta a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Castro Verde.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Criminalidade diminuiu no distrito de Beja em 2019
O distrito de Beja é o quinto mais seguro em todo o país, tendo registado um decréscimo na criminalidade geral em 2019.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Programa de apoio à
cultura esgotado em Beja
A cidade de Beja vai receber, nos próximos meses, três exposições, cinco sessões de contos, quatro sessões de teatro e marionetas e 11 espectáculos musicais, fruto das candidaturas apresentadas ao Programa Municipal de Apoio à Cultura (PEAC).
07h00 - sexta, 10/07/2020
Diocese de Beja assinala
250 anos da sua restauração
A 10 de Julho de 1770 foi restaurada, pelo Papa Clemente XIV, a Diocese de Beja, data assinalada 250 anos depois neste fim-de-semana, 10 a 12, com diversas iniciativas de cariz religioso.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Um caso de Covid-19
identificado em Neves-Corvo
Um trabalhador da Somincor residente no concelho de Almodôvar foi identificado como estando infectado com Covid-19, adiantaram nesta quinta-feira, 9, a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Castro Verde.

Data: 10/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial