07h00 - sexta, 21/12/2018

Castro Verde vai ter Zona
de Actividades Económicas

Castro Verde vai ter Zona de Actividades Económicas

A vila de Castro Verde vai ter finalmente uma Zona de Actividades Económicas (ZAE)! O concurso público para a empreitada será lançado pela Câmara Municipal já no início do próximo ano de 2019, depois de ter sido garantido financiamento comunitário para a obra através do programa operacional Alentejo 2020.
"Esta é uma excelente notícia para Castro Verde", enfatiza o presidente da autarquia, António José Brito, adiantando ao "CA" que a candidatura apresentada pelo Município em Abril de 2018 "teve agora resposta positiva". Nesse sentido, acrescenta o autarca, a obra, avaliada em quase 1,8 milhões de euros, terá uma comparticipação comunitária de 85%, o que corresponde a cerca de 1,5 milhões de euros.
"A aprovação deste financiamento corresponde a mais uma etapa muito importante no sentido de fortalecer a dinamização e diversificação do tecido empresarial do concelho de Castro Verde", observa António José Brito.
O presidente da Câmara de Castro Verde afirma ainda que "a criação da ZAE permitirá tirar partido das dinâmicas da actividade mineira" existente no concelho, ainda mais tendo em conta que a Somincor, empresa concessionária da mina de Neves-Corvo, tem em marcha um projecto de 320 milhões de euros para aumentar a produção de zinco.
Ao mesmo tempo, continua António José Brito, a criação de uma ZAE em Castro Verde – que é, de momento, a única sede de concelho do distrito de Beja que ainda não conta com um equipamento desta natureza –, vai "fomentar a atracção de investimentos, nascimento de novas empresas e criação de mais postos de trabalho" no município.
O projecto da ZAE de Castro Verde prevê uma área total de implantação de 53.733 m2, que permitirá a criação de 39 lotes para acolher empresas que ali pretendam desenvolver a sua actividade económica.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 12/12/2019
Agricultores e PSD contestam
restrições nas agro-ambientais
A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) e a Distrital de Beja do PSD vieram a público contestar a decisão do Ministério da Agricultura de de restringir os apoios às medidas agro-ambientais a uma medida por beneficiário até ao próximo quadro comunitário.
07h00 - quinta, 12/12/2019
Campanha de Natal
no comércio de Mértola
A Câmara de Mértola tem a decorrer, até 6 de Janeiro (dia de Reis), mais uma edição da campanha "Neste Natal compre no comércio local e ganhe prémios", que visa promover, incentivar e dinamizar as compras no comércio local na época natalícia na "vila-museu".
07h00 - quarta, 11/12/2019
"Empregabilidade tem
sido prioridade em Aljustrel"
A empregabilidade e o desenvolvimento económico e social do concelho continuam no topo das prioridades da Câmara de Aljustrel, revela o autarca Nelson Brito em entrevista ao "CA".
07h00 - quarta, 11/12/2019
Ciências promovidas
nas escolas de Odemira
A Câmara de Odemira vai lançar junto da comunidade escolar do concelho o roteiro "Mira a Terra", que vai permitir uma oferta organizada de actividades lúdico-didácticas para aprendizagem das áreas científicas fora sala de aula.
07h00 - terça, 10/12/2019
Câmara de Odemira com
orçamento de 34,5 milhões
A Câmara de Odemira vai contar em 2020 com um orçamento de cerca de 34,5 milhões de euros, mais 1,3 milhões de euros que o valor orçamentado para o presente ano de 2019.

Data: 06/12/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial