07h00 - terça, 19/02/2019

Mina de Aljustrel reduz emissão de poeiras

Mina de Aljustrel reduz emissão de poeiras

A Almina, concessionária das minas de Aljustrel, conta ter concluídas até final deste ano de 2019 todas as intervenções programadas, no sentido de eliminar a emissão de poeiras para a malha urbana da vila. A garantia é dada ao "CA" pelo presidente da administração da empresa, estimando que seja assim resolvido um problema que tem levantado bastante celeuma na "vila mineira".
"Pensamos que com estas intervenções o impacto [das poeiras] será completamente resolvido. Mas hoje já temos muito menos poeiras que tínhamos há anos atrás, não estamos a começar do zero", afirma Humberto da Costa Leite, que acrescenta: "Somos uma empresa responsável e não queremos que as pessoas em Aljustrel possam ser incomodadas com poeiras que são sempre desagradáveis".
Nesse sentido, continua este responsável, a Almina já plantou "850 árvores para criar uma cortina arbórea à volta da zona da lavaria". "E estamos a fazer investimentos em termos operacionais na zona da britagem e na chegada do minério à superfície, seja por via do encapsulamento seja por via de equipamentos de captura de poeiras nos locais onde elas existem. É um processo que em termos de estudo está feito e que temos em implementação", adianta.
Humberto da Costa Leite frisa que este é um investimento "de alguns milhões" de euros que incluirá, ainda, a pavimentação das estradas internas do complexo mineiro. "Ainda que não vindo dali muitas poeira, vamos também pavimentar para que não haja poeiras no ar", justifica o gestor.
Para o presidente da administração da Almina, não há razões para a população de Aljustrel estar alarmada com a questão das poeiras provenientes da mina.
"Nós respeitamos a lei e operamos respeitando a legislação em vigor", afiança Humberto da Costa Leite, para logo afirmar perentoriamente: "O ar que se respira em Aljustrel é seguramente melhor que o ar que se respira em outras cidades do país, nomeadamente Lisboa".
Ainda assim, a Almina está empenhada nesta questão e prepara-se para criar uma Comissão de Acompanhamento do Ambiente, que terá 15 elementos (quase todos externos à empresa) e que será presidida pelo professor catedrático José Manuel Palma.
"Será uma comissão aberta e transparente, pois não temos nada a esconder. A empresa está lá representada como está a Assembleia Municipal, a Câmara Municipal, o Centro de Saúde e outras entidades", antecipa Humberto da Costa Leite, esperando que a nova comissão, que será apresentada brevemente, seja "um interlocutor privilegiado com as forças locais e com a empresa". "Queremos um ambiente de transparência total! Não queremos que a nossa actividade esteja a perturbar os habitantes de Aljustrel com questões que lhe causem preocupações", advoga.
Sobre a polémica que o assunto das poeiras da mina causou em Aljustrel no último Verão, o presidente da Almina prefere não tecer grandes comentários, mas não deixa de vincar que, na sua opinião, esta foi uma questão "que se levantou por razões única e exclusivamente relacionadas com a vida política local".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 26/03/2019
"Poder da Colaboração"
debatido em Odemira
Mobilizar e inspirar a comunidade para a relevância estratégica da colaboração é o grande objectivo da sessão "O poder da Colaboração", que o cine-teatro Camacho Costa, em Odemira, recebe nesta terça-feira, 26, a partir das 14h30.
07h00 - terça, 26/03/2019
Sessões em Castro sobre
limpeza de terrenos
Santa Bárbara de Padrões recebe nesta terça-feira, 26 de Março, a primeira de cinco sessões de esclarecimento sobre limpeza de terrenos promovida pela Câmara de Castro Verde em parceria com a GNR, a Autoridade Nacional de Protecção Civil, o ICNF e as juntas de freguesia do concelho.
07h00 - terça, 26/03/2019
Jovens identificados
por furto em Ervidel
A GNR identificou no final da passada semana dois jovens, um de 19 e outro de 15 anos, por suspeitas da prática do crime de furto no interior das instalações de uma associação em Ervidel, no concelho de Aljustrel.
07h00 - terça, 26/03/2019
Detido por violência
doméstica em Aljustrel
Um homem de 28 anos foi detido pela GNR em Aljustrel no final da passada semana pela prática do crime de violência doméstica, tendo ficado em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Beja por ordem do juiz.
07h00 - segunda, 25/03/2019
Semana Gastronómica
do Borrego em Castro
A Câmara de Castro Verde promove a partir desta segunda-feira, 25 de Março, a segunda edição da Semana Gastronómica do Borrego, em que 13 restaurantes de Castro Verde e Entras vão apresentar nas suas ementas pratos à base de borrego do Campo Branco.

Data: 22/03/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial