07h00 - quinta, 28/03/2019

Hotel de cinco estrelas vai nascer em Ourique

Hotel de cinco estrelas vai nascer em Ourique

Em meados do século XX a herdade da Torre Vã, no concelho de Ourique, chegou a ser considerada "a exploração agrícola mais bem montada" da região, mas o seu futuro vai passar pelo turismo. Tal como o "CA" tinha adiantado na sua edição de 25 de Janeiro deste ano, a herdade vai acolher uma unidade turística de cinco estrelas, num investimento promovido pela empresa Turivã, propriedade da Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), que adquiriu a Torre Vã em 2017.
Segundo apurou o "CA", o projecto já foi licenciado pela Câmara Municipal de Ourique e alvo de uma candidatura ao Portugal 2020. De momento estão a ser preparados os projectos de especialidade, não existindo ainda uma data para o início das obras ou sequer uma perspectiva exacta do investimento a realizar, que ainda assim deve rondar "alguns milhões de euros".
"Isto avança passo a passo e nós queremos dar passos seguros. Vamos ver o que é possível em cada momento", afiança o presidente do conselho de administração da Turivã (e presidente da SPI). "As coisas estão a andar de forma positiva, mas há um caminho ainda grande a percorrer", acrescenta Augusto Medina.
O projecto turístico da Herdade da Torre Vã prevê a reabilitação do património existente e a reconversão e valorização da área agrícola envolvente, ideia que está a ser desenvolvida pelos arquitectos João Mendes Ribeiro e André Tavares. Está prevista a criação de diferentes tipos de unidades de alojamento, num total de 88 camas divididas por 27 quartos duplos, duas suites, cinco moradias T1 e cinco moradias T2.
A envolvente ao hotel incluirá seis hectares de vinha, 6,5 hectares de olival, 1,4 hectares de amendoal, dois hectares de prado e um hectare de jardim com plantas aromáticas e pomar. Serão igualmente mantidos os 27 hectares de montado já existentes.
"O que queremos é que no projecto turístico tenhamos uma dignificação e valorização do pré-existente, que queremos recuperar na sua essência. E depois queremos um projecto muito alicerçado nas realidades positivas da região onde o projecto está localizado", revela Augusto Medina.
A par de tudo isto, a "nova" Herdade da Torre Vã contará ainda com adega e espaço para degustação e provas de vinhos, picadeiro e cavalariças, restaurante, piscina, court de ténis, spa & wellness center e, como grande novidade, um "Innovation Hub". Trata-se de um espaço polivalente e equipado com tecnologias de vanguarda, concebido para a promoção da criatividade, da experimentação e da inovação.
"Queremos dar evidência à inovação, porque a 'empresa-mãe' da Turivã é a SPI e pensamos que há aqui um conjunto de conhecimentos e experiências sobre inovação que podem ser aportados a um projecto como este", justifica Augusto Medina.
Outra das características do Hotel da Torre Vã é o facto de estar a ser concebido visando a sua certificação como eco-hotel (reconhecida pela UNESCO e pela Organização Mundial do Turismo), o que permitirá traduzir as preocupações dos promotores com a sustentabilidade ambiental, eficiência energética e economia circular.
Tudo isto, garante Augusto Medina, está a ser desenvolvido para agradar a vários tipos de clientes. "Haverá uma aposta numa combinação de clientes internacionais com clientes nacionais. E esperamos que o hotel ofereça um conjunto de experiências que o possam tornar num destino atraente para gente diversa, desde famílias e casais sem filhos a empresas", adianta o presidente da Turivã, que conclui: "Este é um projecto integrado que poderá valorizar o território".


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 25/05/2020
Aljustrel retoma
mercados mensais
A Câmara de Aljustrel decidiu retomar a realização de mercados mensais no Parque de Feiras e Exposições da "vila mineira", ainda que mediante o cumprimento de novas regras devido à pandemia de Covid-19.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Câmara de Almodôvar aprova
apoios às empresas do concelho
A Câmara de Almodôvar aprovou na passada semana, em reunião do executivo, um lote de candidaturas, no valor aproximado de 29591 euros, no âmbito do Programa de Apoio ao Tecido Empresarial (PATECA).
07h00 - segunda, 25/05/2020
Odemira recebeu
vigília pelas artes
A vila de Odemira foi um dos "palcos", na passada quinta-feira, 21, da vigília pelas artes e cultura em Portugal, numa iniciativa da qual acabou por nascer a Plataforma Cultura e Artes Odemira, que junta diversos artistas residentes no concelho.
07h00 - sexta, 22/05/2020
Secretário de Estado
acompanha testes à Covid
em Ferreira do Alentejo
O secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, na sua qualidade de coordenador da execução do estado de calamidade do Alentejo devido à pandemia Covid-19, vai realizar nesta sexta-feira, 22, uma visita de trabalho a Ferreira do Alentejo.
07h00 - sexta, 22/05/2020
Requalificação do lar
de Messejana deverá
avançar até ao Verão
As obras da primeira fase de remodelação e ampliação das instalações do lar da Misericórdia de Nossa Senhora da Assunção, na vila de Messejana (concelho de Aljustrel), deverão avançar entre os meses de Julho e Agosto, num investimento total superior a um milhão de euros.

Data: 15/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial