07h00 - quinta, 16/05/2019

Ferreira do Alentejo
quer estradas reparadas

Ferreira do Alentejo quer estradas reparadas

O estado de "degradação acentuada" de algumas das estradas nacionais que cruzam o concelho de Ferreira do Alentejo levou o presidente da autarquia local a solicitar, junto da empresa Infra-estruturas de Portugal (IP), as "obras adequadas" para resolver os problemas das vias mais afectadas.
Em carta enviada a António Laranjo, presidente da administração da IP, a que o "CA" teve acesso, o autarca Luís Pita Ameixa lembra que "nos últimos anos tem havido uma menor conservação das estradas nacionais, o que se traduz actualmente numa degradação acentuada das mesmas".
No caso concreto do concelho de Ferreira do Alentejo, o eleito socialista considera que os "casos mesmos gritantes" de degradação se verificam nas estradas nacionais (EN) 383, no troço entre Santa Margarida do Sado e a aldeia de Fortes, na EN 121, que liga Ferreira do Alentejo a Beja, e na Estrada Regional 2, de Odivelas ao limite com o concelho de Aljustrel, "com destaque para o troço que circunda Ferreira do Alentejo".
O estado destas vias leva Pita Ameixa a solicitar à administração da IP para que sejam "revistas estas situações e realizadas as obras adequadas".
Paralelamente ao mau estado de alguma das estradas nacionais que atravessam o município, o presidente da Câmara de Ferreira do Alentejo está igualmente apreensivo com o troço da A26 que liga o nó da A2, perto de Santa Margarida do Sado, ao concelho, que continua por abrir devido à inexistência de praça de portagens.
O assunto foi debatido por Pita Ameixa numa reunião recente com o ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, em Beja. Na ocasião, Pedro Nuno Santos garantiu a intenção do Governo em passar para a Brisa a responsabilidade de construir a praça de portagens, em detrimento do actual concessionário da via.
"O importante é a rápida abertura daquele troço da auto-estrada, que reclamamos", afirma Luís Pita Ameixa em comunicado, acrescentando: "O Município de Ferreira do Alentejo lamenta todo o atraso que se vem verificando em prejuízo do interesse público e do serviço à economia e às pessoas".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 25/05/2020
Aljustrel retoma
mercados mensais
A Câmara de Aljustrel decidiu retomar a realização de mercados mensais no Parque de Feiras e Exposições da "vila mineira", ainda que mediante o cumprimento de novas regras devido à pandemia de Covid-19.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Câmara de Almodôvar aprova
apoios às empresas do concelho
A Câmara de Almodôvar aprovou na passada semana, em reunião do executivo, um lote de candidaturas, no valor aproximado de 29591 euros, no âmbito do Programa de Apoio ao Tecido Empresarial (PATECA).
07h00 - segunda, 25/05/2020
Odemira recebeu
vigília pelas artes
A vila de Odemira foi um dos "palcos", na passada quinta-feira, 21, da vigília pelas artes e cultura em Portugal, numa iniciativa da qual acabou por nascer a Plataforma Cultura e Artes Odemira, que junta diversos artistas residentes no concelho.
07h00 - sexta, 22/05/2020
Secretário de Estado
acompanha testes à Covid
em Ferreira do Alentejo
O secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, na sua qualidade de coordenador da execução do estado de calamidade do Alentejo devido à pandemia Covid-19, vai realizar nesta sexta-feira, 22, uma visita de trabalho a Ferreira do Alentejo.
07h00 - sexta, 22/05/2020
Requalificação do lar
de Messejana deverá
avançar até ao Verão
As obras da primeira fase de remodelação e ampliação das instalações do lar da Misericórdia de Nossa Senhora da Assunção, na vila de Messejana (concelho de Aljustrel), deverão avançar entre os meses de Julho e Agosto, num investimento total superior a um milhão de euros.

Data: 15/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial