07h00 - segunda, 24/06/2019

Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel vai fechar

Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel vai fechar

Está decidido: a Cooperativa Agrícola Barro e Xisto de Aljustrel, com sede na vila mineira, vai fechar portas. Apesar de não estar prevista a extinção, a instituição vai suspender a sua actividade muito em breve, face à redução acentuada na prestação de serviços e por forma a evitar que tal se traduza na acumulação de dívidas, revela ao "CA" o presidente da Direcção da entidade.
"A situação está muito complicada e posso dizer, com muita tristeza, que vamos ter de fechar! Está decidido pela Direcção e vamos fechar, não extinguir a cooperativa", adianta Romão Mestre, de 63 anos. "É fechar para aliviar as despesas, porque não queremos ficar a dever a este ou àquele. E antes que isso venha a acontecer, estamos a dar um passo em frente", acrescenta este agricultor.
De acordo com Romão Mestre, a sua direcção está em funções há 12 anos e tem sempre batalhado para a cooperativa "não fechar", dando emprego a duas pessoas e mantendo em funcionamento os serviços de apoio aos agricultores (em matéria de candidaturas e outras questões burocráticas), a comercialização de factores de produção e o armazenamento de cereais nos silos da antiga EPAC. Mas tudo tem um fim e o da Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel está para breve.
"Temos mesmo que fechar, pois temos que acabar com as despesas. E a única maneira é fechar", afiança o presidente da cooperativa, garantindo que a actual direcção conta "ficar com tudo pago". Além do mais, continua Romão Mestres, "não extinguimos a cooperativa e até pode haver alguém que queira dar continuidade a isto. Se isso acontecer, terá o meu apoio e de nós todos".
Com cerca de 40 associados, a Cooperativa Barro e Xisto de Aljustrel está mais vocacionada para a agricultura de sequeiro e a pecuária, acabando por ser penalizada pelo crescimento acentuado do regadio no concelho. "Muita gente tem vendido as suas terras e ao venderem as suas terras deixam de utilizar os nossos serviços", explica Romão Mestre.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 17/07/2019
Detidos por tráfico de droga
em Ourique e Cabeça Gorda
Dois homens, um de 49 anos e outro de 40, foram detidos nos últimos dias pela GNR em Santana da Serra (Ourique) e em Cabeça Gorda (Beja) pelas práticas dos crimes de cultivo e tráfico de estupefacientes.
07h00 - quarta, 17/07/2019
Pedro Mestre ao
vivo em Aljustrel
O Jardim 25 de Abril, na vila de Aljustrel, recebe nesta quarta-feira, 17 de Julho, o espectáculo "Pedro Mestre & Viola Campaniça", que decorre no âmbito da iniciativa "Verão Cultural", promovida pela Câmara Municipal local.
07h00 - quarta, 17/07/2019
Cercicoa abre CAO no concelho de Ourique
A Cercicoa prepara-se para abrir um Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) na aldeia de Grandaços, no concelho de Ourique, fruto de uma parceria entre a cooperativa e a Câmara de Ourique.
07h00 - terça, 16/07/2019
Câmara de Castro Verde
requalifica rua da Seara Nova
A Câmara de Castro Verde iniciou recentemente os trabalhos de requalificação da rua da Seara Nova, empreitada avaliada em cerca de 95 mil euros que prevê "melhoramentos profundos no pavimento".
07h00 - terça, 16/07/2019
Noites de Verão
animadas em Aljustrel
A Câmara de Aljustrel promove, até 23 de Agosto, o programa "Verão Cultural", com diversos espectáculos ao ar livre para animar a "vila mineira" durante as próximas semanas, nomeadamente música, teatro e circo, bailes e festas.

Data: 12/07/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial