07h00 - sexta, 06/12/2019

Pitico quer Almodôvar
nos lugares da frente

Pitico quer Almodôvar nos lugares da frente

Durante uma dúzia de anos Pitico jogou com a camisola do FC São Marcos na 1ª e 2ª divisão distrital, deixando-se "apaixonar" pelas gentes baixo-alentejanas, daí que quando surgiu o convite para treinar o Desportivo de Almodôvar nem hesitou.
"O Alentejo é para mim um lugar fantástico! Tinha essa vontade muito grande e assim que recebi o convite senti que estava realizando um sonho que sempre tive", confidencia ao "CA" o técnico brasileiro, de 56 anos, instantes antes de iniciar o primeiro treino de mais uma semana de trabalho.
Pitico chegou a Almodôvar em Outubro, rendendo no cargo o técnico Sandro Almeida, que se demitiu devido aos maus resultados. O técnico brasileiro recorda que encontrou uma equipa que estava "muito mal fisicamente" e com alguns jogadores importantes lesionados. Questões que, aos poucos, têm vindo a ser resolvidas e que levam o treinador a encarar o futuro com muito optimismo.
"Não vim para inventar nada, pois acho que a única coisa que temos de dar no futebol é motivação. Mas o trabalho é importante e nós temos trabalhado bem. Vamos tentar dar sequência a esse trabalho, para ver se conseguimos melhorar ainda mais os resultados. É verdade que ganhámos os últimos dois jogos, mas ainda não ganhámos nada. Ainda há muito campeonato pela frente", garante.
Pitico revela que os responsáveis pelo clube apenas lhe exigiram melhores resultados. "Mas não precisava a direcção exigir alguma coisa, porque eu próprio sou uma pessoa exigente. Acho que se tiver condições de chegar lá em cima, vou lutar para chegar lá em cima", riposta.
Apesar desta linha de pensamento, Pitico evita traçar metas mais "concretas", como, por exemplo, a conquista da Taça do Distrito de Beja, o único troféu a nível distrital que o Desportivo de Almodôvar ainda não venceu. "O objectivo é ganhar sempre e o que vier virá por mérito dos jogadores. Vamos trabalhar para tentar chegar o mais alto possível", diz apenas, com cautela e realismo.
Dentro das quatro linhas o técnico brasileiro promete uma equipa à sua imagem: "aguerrida" e "de ataque". "É esta a filosofia que quero imprimir aqui", revela Pitico, que para tal conta com o empenho de todos os jogadores. Até porque, sublinha, com trabalho será mais fácil atingir todos os objectivos, sejam eles colectivos… ou individuais.
"O objectivo da gente deve ser sempre pensar grande. Por isso eu falo para eles [jogadores]: pensem em grande, trabalhem e treinem porque a gente nunca sabe… Quem diz que amanhã você está a treinar aqui e não há um treinador de uma equipa do Campeonato de Portugal ou da II Liga a ver? Por isso falo para eles: toda a vez que a gente chega aqui dentro deste campo é para dar o melhor, porque nunca se sabe se tem alguém vendo a gente e surge uma oportunidade", remata.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
10h00 - domingo, 25/10/2020
Hospital de Beja assinala
meio século de existência
A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULBSA) promove neste domingo, 25 de Outubro, a cerimónia comemorativa do 50º aniversário do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja.
10h00 - domingo, 25/10/2020
Domingas Pereira
é a mandatária distrital
de João Ferreira
A médica Domingas Pereira, que exerce funções no hospital de Beja, é a mandatária distrital da candidatura de João Ferreira às eleições Presidenciais de 2021, revelou ao "CA" fonte oficial da candidatura apoiada pelo PCP.
07h00 - sexta, 23/10/2020
Urgências de
Castro Verde vão
ser ampliadas
O edifício actual do Serviço de Urgência Básica (SUB) do Centro de Saúde de Castro Verde irá ser ampliado, numa parceria entre a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) e a Câmara Municipal local.
07h00 - sexta, 23/10/2020
Candidato à Presidência
da República apoiado pelo
PCP em Cuba e Beja
João Ferreira, candidato à Presidência da República apoiado pelo PCP, vai estar nesta sexta-feira, 23, nos concelhos de Cuba e de Beja, "para contactar com casos de destruição do património".
07h00 - quinta, 22/10/2020
União Europeia
chega a acordo
para a nova PAC
Os 27 Estados-membros da União Europeia já chegaram a um acordo relativo à aplicação da Política Agrícola Comum (PAC) para o próximo ciclo de programação, revela o Ministério da Agricultura.

Data: 23/10/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial