08h00 - sábado, 01/08/2020

Ministra faz elogios ao
aproveitamento do Alqueva

Ministra faz elogios ao aproveitamento do Alqueva

A ministra da Agricultura esteve nesta sexta-feira, 31, no concelho de Ferreira do Alentejo, onde visitou dois projectos agrícolas beneficiados pelo Alqueva. Maria do Céu Antunes passou primeiro pela Herdade Vale da Rosa, a maior produtora de uva de mesa sem grainha em Portugal, e depois pela Herdade do Paço, o maior projecto agrícola de laranjal do Alentejo.
"Vim ao Alentejo para visitar dois grandes projectos agrícolas que nascem pela disponibilização de água pelo Alqueva e dar a conhecer as boas práticas de produção agrícola", sublinhou a ministra no final da visita.
Segundo Maria do Céu Antunes, "no caso da Herdade do Vale da Rosa, trata-se de um produtor importante para as exportações (com 25% da sua produção focada nos mercados externos) e com um produto de alto valor acrescentado e, ainda assim, a empresa está num processo evolutivo para desenvolver uma economia circular aproveitando este produto para fazer uva passa, que Portugal importa em quantidade".
"A empresa está também a desenvolver novos produtos, como o vinagre, envelhecido em cascos de carvalho, e a fazer avultados investimentos para criar soluções inovadoras e assim acrescentar valor", destacou.
A titular da pasta da Agricultura sublinhou ainda o papel importante da Herdade Vale da Rosa em termos de responsabilidade social e de ocupação do território, com a elevada criação de postos de trabalho e a integração de trabalhadores migrantes, respeitando as suas culturas e tradições, como é exemplo a criação de uma sala ecuménica.
Já a Herdade do Paço tem 300 hectares de laranjal e representa um investimento de cerca de 12 milhões de euros. "Trata-se de uma aposta numa variedade de laranja portuguesa, focada na exportação, e só possível graças ao projecto de regadio do Alqueva", concluiu a ministra.


Notícias Relacionadas

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 12/08/2020
Seca no Parque Natural
do Sudoeste Alentejano
preocupa autarcas
Os presidentes das câmaras municipais de Odemira, Sines, Aljezur e Vila do Bispo manifestaram-se preocupados com a seca que afecta as bacias do Mira e do Barlavento algarvio, exigindo "a elaboração de planos de contingência" para fazer face a uma situação que "tende a agravar-se".
07h00 - quarta, 12/08/2020
Castro Verde: Presidente da Assembleia Municipal renuncia ao cargo
A presidente da Assembleia Municipal de Castro Verde, Ana Paula Baltazar, eleita pela CDU, apresentou a sua renúncia ao cargo e ao mandato de vogal neste órgão na noite desta terça-feira, 11, em sessão extraordinária da Assembleia.
07h00 - quarta, 12/08/2020
CM Ourique faz obras nos balneários
do pavilhão da EB 2,3/ Secundária
A Câmara de Ourique está a proceder a obras no interior e na cobertura dos balneários do pavilhão da Escola Básica (EB) 2,3/ Secundária local, num investimento avaliado em cerca de 23 mil euros.
12h00 - terça, 11/08/2020
Regantes do Roxo querem
água a preço "mais justo"
Os regantes beneficiados pelo perímetro de rega do Roxo, no concelho de Aljustrel, defendem um "ajustamento" do preço cobrado pela água do Alqueva, por forma a garantir a "rentabilidade" das explorações agrícolas.
07h00 - terça, 11/08/2020
Autarca de Ourique exige
rapidez na ligação entre
o Roxo e Monte da Rocha
O presidente da Câmara Municipal de Ourique, Marcelo Guerreiro, insiste na necessidade de o projecto de ligação da albufeira do Monte da Rocha, situada no concelho, ao Alqueva avançar "o mais rapidamente possível".

Data: 07/08/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial