12h00 - terça, 11/08/2020

Regantes do Roxo querem
água a preço "mais justo"

Regantes do Roxo querem água a preço "mais justo"

Os regantes beneficiados pelo perímetro de rega do Roxo, no concelho de Aljustrel, defendem um "ajustamento" do preço cobrado pela água do Alqueva, por forma a garantir a "rentabilidade" das explorações agrícolas.
Desde 2009 que a albufeira do Roxo, junto a Ervidel, está ligada ao Alqueva, o que garante haver água em quantidade suficiente para o regadio, mas o preço cobrado pela Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA) pode vir a tornar-se "incomportável" e "quase proibitivo" para "grande parte das explorações", diz o presidente da Associação de Beneficiários do Roxo (ABRoxo), que tem sede em São João de Negrilhos.
Em declarações ao "CA", António Parreira explica que é cobrado "à entrada da barragem" do Roxo uma verba de "três cêntimos por metro cúbico" de água vinda do Alqueva, mas os associados pagam apenas 2,7 cêntimos no caso da água gravítica (no caso da água fornecida por pressão o custo é maior).
O diferencial entre o preço que a ABRoxo cobra aos associados e o custo real da água fornecida tem sido assumido pela associação, situação que o presidente reconhece não ser possível manter durante "muito tempo".
Segundo António Parreira, se os valores cobrados pela EDIA se reflectissem na factura dos agricultores, "o preço da água gravítica, sem energia, teria de ficar muito acima dos cinco cêntimos". "O que quer dizer que a água com pressão iria para uma coisa de 10 cêntimos", acrescenta.
Por tudo isto, o presidente da ABRoxo defendeu ser urgente "arranjar uma solução para que o preço da água seja compatível com o rendimento das culturas e para que a agricultura de regadio [nesta região] seja auto-sustentável e geradora de emprego e de desenvolvimento social e económico".
A situação tem motivado diversas reuniões entre associações de regantes, EDIA e Ministério da Agricultura, além de estar em preparação um estudo sobre a questão a apresentar à ministra da tutela, Maria do Céu Antunes.
"Uma das vertentes que esse estudo foca é precisamente a gestão da água do Alqueva, pois entendemos que deve haver uma gestão com grande participação dos agricultores. E foca também a questão do preço dessa água", adianta António Parreira.

Texto publicado no destaque "Campo", editado pelo "Correio Alentejo" na sua edição de 7 de Agosto


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 24/09/2020
Presidente do PSD quer mais eleitos
autárquicos no distrito de Beja
O presidente do PSD quer reforçar a implantação do partido no distrito de Beja e, nesse sentido, ambiciona garantir mais eleitos social-democratas nas eleições Autárquicas de 2021.
07h00 - quinta, 24/09/2020
Mértola com plano de
adaptação à pandemia
para a Educação
Minimizar os riscos de contágio pelo novo coronavírus entre a comunidade escolar local é o principal objectivo do Plano de Adaptação à Covid-19 que acaba de ser lançado pela Câmara de Mértola, em parceria com o Centro ABC-Algarve Biomedical Center, e representa um investimento de cerca de 33500 euros.
07h00 - quinta, 24/09/2020
Embaixador da Suíça
reuniu com executivo
da Câmara de Beja
O executivo da Câmara de Beja recebeu na terça-feira, 22, o embaixador da Suíça em Portugal, André Regli, numa visita oficial que teve como objectivo apresentar a nova cônsul da Embaixada, Magdalena Betschart, e o novo cônsul honorário em Loulé, Thomas Kottmann, cuja área de jurisdição abrange o distrito de Beja.
07h00 - quarta, 23/09/2020
Crianças da creche de Ourique com testes à Covid-19 negativos
Os testes de despistagem à Covid-19 realizados a 18 crianças da creche da Misericórdia de Ourique, onde foram detectados dois caso positivos na passada semana ligados ao surto de Santa Luzia, deram todos negativos, adianta ao "CA" o presidente da Câmara Municipal local.
07h00 - quarta, 23/09/2020
Presidente do PSD debate
aeroporto de Beja com a Distrital
Rui Rio, presidente do PSD, vai estar nesta quarta-feira, 23, na cidade de Beja, para uma reunião de trabalho solicitada pela Comissão Política Distrital de Beja, liderada por Gonçalo Valente.

Data: 11/09/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial