08h38 - quinta, 21/01/2010

Jordi Savall e Pedro Estevan abrem sábado festival "Terras sem Sombra"

Jordi Savall e Pedro Estevan abrem sábado festival "Terras sem Sombra"

Um recital dos músicos espanhóis Jordi Savall e Pedro Estevan, considerados "peritos na recuperação de sonoridades esquecidas", abre sábado, em Santiago do Cacém, o sexto Festival de Música Sacra do Baixo Alentejo "Terras sem Sombra".
Fruto de muitos anos de investigação musicológica, o recital, que privilegia o diálogo entre Oriente e Ocidente, pondo em confronto "músicas antigas" e "músicas do mundo", vai ouvir-se na Igreja Matriz de Santiago do Cacém, a partir das 21:30.
O festival itinerante "Terras sem Sombra", promovido pelo Departamento do Património Histórico e Artístico (DPHA) da Diocese de Beja, vai decorrer até 08 de Maio e inclui sete concertos de música litúrgica e devocional e uma conferência em seis igrejas do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral.
O festival "associa a valorização da música sacra, apostando sobretudo em grupos e jovens intérpretes portugueses, à redescoberta das igrejas históricas de notável valor da Diocese de Beja", disse hoje à agência Lusa o director do DPHA, José António Falcão.
A programação deste ano, intitulada "Limites Imensos - A Contemporaneidade na Música Antiga", precisou, propõe "aprofundar as relações entre a música antiga e a expressão artística contemporânea".
Após o concerto de abertura, segue-se, a 06 de Fevereiro, na Basílica Real de Nossa Senhora da Conceição, em Castro Verde, "Lux Perpetua: Improvisos sobre Música Sacra Medieval e Renascentista" do Mário Franco Ensemble.
A 20 de Fevereiro, na Igreja do Convento de Nossa Senhora da Conceição, em Almodôvar, actua o Quarteto Arabesco com "Requiem de W. A. Mozart (1756-1791): A Versão para Quarteto de Cordas de P. Lichtenthal (1780-1853)".
As Vozes Alfonsinas, grupo português que se dedica à interpretação de música antiga, vão entoar "Cantares antigos: Da Aquitânia ao Brasil", a 06 de Março, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção, em Alvito.
Na habitual conferência do festival, a 20 de Março, às 17:30, na Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, em Beja, o musicólogo Rui Vieira Nery irá abordar "A Música Antiga e a Máquina do Tempo: Redescoberta, Releitura, Reinvenção".
Seguem-se, a 10 de Abril, também na Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, em Beja, "Um Discurso sem Palavras: Retórica na Música Instrumental Europeia dos Séculos XVII e XVIII" pelas vozes do Concerto Campestre, grupo português de música de câmara especializado na interpretação de música antiga.
A 24 de Abril, o Ensemble Alpha dará um "Concerto Pedagógico: Os Caminhos da Música", na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção, em Grândola.
O "Terras sem Sombra" termina a 08 de Maio, naquela igreja de Grândola, com o concerto "Kleine Musik: Música de Heinrich Schütz (1585-1672) e Ivan Moody (1964)" do Sete Lágrimas Consort, um dos mais importantes ensembles de música renascentista, barroca e contemporânea em Portugal.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
09:07, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2018
Margarida Ochoa
Excelente iniciativa, a deste Festival, que finalmente dá um acontecimento relevante ao nível internacional ao Baixo Alentejo, do ponto de vista da música antiga. Bela ideia a de associar isto aos monumentos alentejanos. É uma pena que Sines, Odemira e outros concelhos não se tenham querido associar. A cultura faz também a diferença dos autarcas. Parabéns para Santiago, Almodôvar, Alvito, Beja e Grândola, que se junta pela 1º vez à iniciativa

07h00 - sexta, 19/10/2018
Câmara de Beja vence
prémio de voluntariado
A Câmara Municipal de Beja venceu o prémio "Boas Práticas de Voluntariado", atribuído pela Delegação Regional do Alentejo do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ).
07h00 - sexta, 19/10/2018
Mértola apresenta filme
"Guadiana Selvagem"
A Câmara de Mértola promove nesta sexta-feira, 19, no cine-teatro Marques Duque, a apresentação ao público do documentário "Guadiana Selvagem", realizado por Daniel Pinheiro no Parque Natura do Vale do Guadiana.
07h00 - quinta, 18/10/2018
Turma de Beja
sem sete professores
Os 26 alunos de uma turma do sétimo ano da Escola Básica de Santa Maria, em Beja, estão sem professor em sete das 15 disciplinas que constituem a sua matriz curricular desde o início do presente ano lectivo, devido à inexistência de docentes colocados.
07h00 - quinta, 18/10/2018
OP de Odemira com 20
projectos pré-aprovados
A Câmara de Odemira já concluiu a fase de análise técnica das propostas apresentadas para o "Orçamento Participativo 2018" (OP), tendo sido aprovados provisoriamente um total de 20 projectos.
07h01 - quarta, 17/10/2018
PSP chega a todo
o distrito de Beja
Proporcionar um atendimento regular nos concelhos que não dispõem de estruturas fixas da PSP é o grande objectivo do projecto que esta força de segurança e a Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) começaram a dinamizar no início deste mês de Outubro.

Data: 12/10/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial