08h47 - terça, 30/03/2010

Estado põe mulher de 65 anos como nadadora-salvadora em Castro Verde

Estado põe mulher de 65 anos como nadadora-salvadora em Castro Verde

O Estado pretendia colocar uma funcionária de 65 anos que está actualmente no quadro de mobilidade especial depois de ter sido dispensada dos serviços do Ministério da Agricultura em Aljustrel a desempenhar funções a 20 quilómetros de casa, como nadadora-salvadora nas piscinas municipais de Castro Verde. Uma situação que Maria da Conceição Sargaço classifica de brincadeira de "mau gosto", pois… nem nadar sabe!
"Só podia ser uma brincadeira. E de mau gosto! Na minha idade não ia ser nadadora-salvadora. Só tenho a quarta classe, não tenho formação e nem sei nadar. Ainda nos afogávamos aos dois. Tudo isto teria muita graça se não estivessem a brincar com a minha dignidade", diz ao "CA".
Maria da Conceição Sargaço está no quadro de mobilidade do Ministério da Agricultura desde 2007, depois de 28 anos a trabalhar como auxiliar de manutenção no pólo de Aljustrel da Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Aljustrel, onde fazia limpezas e jardinagem.
De momento recebe apenas 66% do seu vencimento-base, cerca de 388 euros, mas no início do ano recebeu, juntamente com outra colega também colocada na mobilidade, uma carta onde era comunicada a possibilidade de ambas irem trabalhar para as piscinas de Castro Verde como salva-vidas. Uma proposta que foi prontamente recusada pelas duas funcionárias.
"A minha colega já tem 70 anos e está reformada. Mas eu tive de escrever uma carta a dizer que não podia aceitar", lembra Maria da Conceição, que não aceitou de bom grado a colocação no quadro da mobilidade e agora só pensa em reaver o seu antigo serviço, para poder trabalhar até ter os 70 anos que lhe permitam reformar-se.
Além do mais, sublinha esta cidadã, a sua reintegração permitiria ao Ministério da Agricultura "poupar" alguns euros, dado que após a sua dispensa contratou duas empresas de limpeza para fazerem o seu trabalho. "Assim estão a pagar mais do que me pagavam a mim. É por isso que gostava de voltar ao meu antigo serviço", justifica.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
18:53, Segunda-feira, 15 de Junho de 2019
Vitor Matos
Na verdade andamos muito distraídos! Foi preciso lêr a nota do nosso concidadão JOEL para me certificar que este acontecimento ocorreu no "reinado" do execrável Sócrates (Pinócrates), ou seja, dos autoproclamados "socialistas" que, com a sua maioria absoluta destruiram a economia e humilharam os mais humildes!....Neste momento vertem lágrimas de crocodilo, apesar de estarem ubilicalmente ligados ao nosso drama actual.

19:09, Domingo, 14 de Julho de 2019
Assunção Baptista
Só por curiosidade: a idade da reforma não é aos 65 anos? Não haverá por aqui algum tidpo de engano?

17:45, Domingo, 14 de Maio de 2019
Joel
Por favor, olhem para a data da notícia. Era só isto. Obrigado

13:54, Domingo, 14 de Janeiro de 2019
Moreno
Esta medida foi tomada pelos SOcialistas juntamente com a burguesia comuna dos comunas e bloquistas.

14:43, Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2019
A.M.
Isto se não é anedota, só vem demostrar a total incompetência deste executivo, assim como a falta de respeito para com os cidadãos que pagam os seus impostos.É caso para dizer que vão brincar com as mães deles.

16:55, Quarta-feira, 10 de Abril de 2019
ViralatasNaEuropa
Simples, meus caros... As duas empresas de limpeza devem ter amigos lá no sítio...

16:45, Quarta-feira, 10 de Abril de 2019
Passinhos Cavaco
É ao estilo do nosso Governo e seus lacaios. só fazem lixo, é só irresponsabilidade, ainda falam em defesa de funcionário público, são poucos que se aproveitam.


12:04, Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2019
Henrique Afonso
As pessoas ainda não acordaram porque não querem ver que a currupção e o compadrio é que deu cabo deste pais. isto é o que acontece pelo pais fora em todas as camaras se despedem pessoas para depois andarem a pagar dez vezes mais a empresas suas conhecidas, e tudo isto é feito com a conivencia dos nossos politicos até porque muitas dessas empresas pagam algo por baixo da mesa, é tão facil. não estou a falar sem conhecimento de causa e sei bem que nas autarquias que for contra é logo afastado. por isso acordem, se é assim a nivel autarquico imaginem a nivel minesterial. a unica solução é não legitimar este sistema politico. GREVE AO VOTO PELA DEMOCRACIA DIRETA
https://www.facebook.com/groups/queselixevotar/

00:24, Terça-feira, 09 de Dezembro de 2019
Cidália Carmo
Anedota??? Neste país em que os governantes estão completamente loucos, já quase nada espanta, mas sem ter graça, seria engraçado os ditos cérebros do nosso governo irem "todos" fazer de nadadores salvadores na piscina de Castro Verde, ou outra por este país fora!!!

18:07, Domingo, 07 de Junho de 2019
Conceição Querido
Toda a situação é triste e parece gozo com quem estava no seu local de trabalho e o vê destruído, pura e simplesmente! Como diz a funcionária, agora esão duas empresas a laborar. Que economia é esta ? Será que são estas funcionárias que devem estar nos disponíveis ? Ou quem fez esta seleção de colocá-las em funções para as quais não estão habilitadas ? É o desgoverno que temos! Desconhecimento da realidade do País, miúdos mimados!

16:21, Domingo, 07 de Abril de 2019
José Moz Carrapa
A parte mais abjecta da situação: para a suposta poupança no OE que tanto encanta os idiotas úteis, contrataram empresas externas para a limpeza final do que restar nos cofres públicos...

15:32, Sábado, 06 de Março de 2019
Germano de Brito
E com essas e outras que se pede sacrifícios aos Portugueses.

13:58, Sábado, 06 de Janeiro de 2019
Amândio Sepúlveda
Só posso ser brincadeira de mau gosto, a pessoa que a contactou "devia" deve ser chamada á responsabilidade...

05:52, Sábado, 06 de Maio de 2019
Nuno
o Portas pões lá um submarino para a auxiliar!!!

00:39, Sábado, 06 de Dezembro de 2019
julio silva
concordo que isto nem comentario merecia, mas tb tenho a dizer ao urso que tal determinação fez, pergunto.....gostaria que gozassem assim com sua mãe?


22:52, Sexta-feira, 05 de Outubro de 2019
Francisco Manuel Gentil Apolonio
Para vidas salvar anos de vida não devem contar! Mas, se por mero acaso, alguma vida não conseguir salvar não se deve culpar quem está a desgovernar!

21:26, Sexta-feira, 05 de Setembro de 2019
Denunciar o caso é positivo
... mas jornalismo do bom era indicar quem assinou tal ordem e confrontar a pessoa em causa com a decisão tomada.

16:37, Quinta-feira, 29 de Abril de 2019
Daniel Tapadas
Se precisarem de quem substitua o IGNORANTE que determinou isto, existem mts pessoas julgo que mais capazes do que esta para a função! Tantos no desemprego e inergumes destes ainda se mantém a trabalhar!!! MANDA QUEM PODE E NÃO QUEM SABE!

09:21, Segunda-feira, 05 de Setembro de 2019
Maria dos Prazeres
É incrível, não basta ser explorado a vida inteira! No final, encostam o funcionário, retiram-lhe vencimento e depois gozam com ele. A falta de vergonha e de respeito pelos outros está a atingir níveis inimagináveis.

22:27, Sexta-feira, 02 de Outubro de 2019
Mário Rui Veiga Correia Dias-Coimbra
De facto isto nem mereceria comentário, mas lá vai; só quem está atrás de uma seretária a ganhar dinheiro mal ganho é que pode determinar uma "coisa" destas, é de bradar aos céus.

07h00 - sábado, 14/12/2019
Praça Dr. Carlos Moreira
inaugurada em Beringel
Os presidentes da Câmara de Beja e da Junta de Freguesia de Beringel, Paulo Arsénio e Vítor Besugo, respectivamente, inauguram neste sábado, 14, pelas 11h30, a requalificada Praça Dr.
07h00 - sexta, 13/12/2019
Estação Biológica
apresentada em Mértola
A Câmara de Mértola promove nesta sexta-feira, 13 de Dezembro, a apresentação pública da futura Estação Biológica de Mértola, que ficará situada no antigo edifício dos silos da EPAC.
07h00 - sexta, 13/12/2019
PS elogia reabertura
da Basílica de Castro
A Concelhia de Castro Verde do PS assinala "com grande alegria" a reabertura ao culto da Basílica Real da vila, concretizada na último domingo, 8, após uma primeira fase de obras de requalificação avaliadas em 65 mil euros.
07h00 - sexta, 13/12/2019
Câmara de Castro Verde
investe na área social
A Câmara de Castro Verde concedeu, ao longo do ano de 2019, um montante de cerca de 276 mil euros em auxílios financeiros às diferentes organizações de carácter social do concelho e em apois na área social.
07h00 - quinta, 12/12/2019
Agricultores e PSD contestam
restrições nas agro-ambientais
A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) e a Distrital de Beja do PSD vieram a público contestar a decisão do Ministério da Agricultura de de restringir os apoios às medidas agro-ambientais a uma medida por beneficiário até ao próximo quadro comunitário.

Data: 06/12/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial