09h00 - segunda, 26/04/2010

Fundação Odemira quer estudar e combater suicídio no concelho

Fundação Odemira quer estudar e combater suicídio no concelho

Duas freguesias de Odemira, que registam elevadas taxas de suicídio, vão ser alvo de um projecto de intervenção que pretende estudar e combater o fenómeno com acções de prevenção.
O presidente da Fundação Odemira, Francisco Antunes, afirmou à agência Lusa que a intenção é "lutar contra a taxa de suicídio existente, particularmente em duas freguesias de Odemira – Sabóia e Santa Clara – que exibem as mais elevadas taxas de suicídio do concelho que tem das mais elevadas taxas da Europa".
Entre 1992 e 2005, de acordo com um estudo de 2007 do Centro de Investigação Social Aplicada da Câmara Municipal de Odemira, 12% dos óbitos na freguesia de Sabóia e dois por cento em Santa Clara ocorreram por suicídio.
Durante esse período, revela a Fundação que recorre a dados do Instituto Nacional de Estatística, foram registados mais de 207 suicídios em todo o concelho de Odemira.
"Queremos saber quais são as razões pelas quais ocorre este fenómeno, mas depois queremos ajudar a resolvê-las, participando com as pessoas na análise e no estudo dos seus problemas", adiantou.
"A Vida Vale – Pela vida contra o suicídio" é o nome do projecto que está a ser desenvolvido pela Fundação Odemira e que deverá "arrancar no terreno" em Setembro deste ano.
Para o pôr em prática, Francisco Antunes avançou que a Fundação vai recorrer a um conjunto de "mecanismos de proximidade", contando com o apoio da Cruz Vermelha, de associações locais e das Juntas de Freguesia de Santa Clara e Sabóia.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - segunda, 22/01/2018
Aljustrel define estratégia
para 2018 na área
da protecção civil
A Comissão Municipal de Protecção Civil de Aljustrel aprovou na passada semana o seu plano de trabalho para 2018, que inclui acções de sensibilização e outras intervenções.
00h00 - segunda, 22/01/2018
Unidade Móvel de
Saúde de Mértola com
campanhas no "terreno"
A Unidade Móvel de Saúde da Câmara de Mértola inicia nesta semana duas novas campanhas de sensibilização da população para a necessidade de prevenção de quedas e sobre os perigos da auto-medicação.
00h00 - segunda, 22/01/2018
EMAS Beja traça
prioridades para 2018
A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja tem como grande prioridade em 2018 realizar "intervenções muito cirúrgicas e específicas em toda a rede de águas, quer da cidade quer das freguesias rurais".
07h00 - domingo, 21/01/2018
DECO dá apoio
jurídico em Odemira
A DECO/ Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor iniciou nesta semana as sessões gratuitas de atendimento ao consumidor na vila de Odemira em 2018, que decorrerão sempre na terceira quinta-feira de cada mês.
00h00 - domingo, 21/01/2018
Beja: PS elogia orçamento,
CDU critica algumas opções
A Assembleia Municipal de Beja aprovou nesta semana o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2018 da Câmara, no valor de 33,8 milhões de euros, mas o documento é avaliado de diferente forma por PS e CDU.

Data: 12/01/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial