08h50 - quarta, 05/05/2010

Suspensão da Linha Ferroviária do Alentejo adiada

Suspensão da Linha Ferroviária do Alentejo adiada

O início das obras na linha ferroviária do Alentejo, previsto para esta segunda-feira, 3, foi adiado por uma semana pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT), devido à falta de informação sobre as alternativas de transporte.
Fonte oficial do IMTT adiantou à Agência Lusa que "foi constatada a insuficiência do esquema de comunicação pública, face à extensão do impacto, e o carácter indeterminado da duração do encerramento da Linha do Alentejo".
A Refer tinha previsto iniciar segunda-feira as obras de modernização na Linha do Alentejo, no troço Bombel, Vidigal, Casa Branca e Évora, numa extensão de 32 quilómetros, com a duração prevista de um ano.
Os trabalhos incluem a eletrificação do troço, renovação das vias, beneficiação de estações e construção de passagens desniveladas, num investimento superior a 48 milhões de euros.
Segundo a mesma fonte, o IMTT transmitiu aos responsáveis da Refer, CP e CP Carga a sua intenção de "subscrever uma Instrução Complementar de Segurança (ICS) com interdição total de via para vigorar a partir de 10 de Maio, com duração limitada" ainda a definir.
"Essa intenção foi comunicada por escrito ao Governo e reiterada verbalmente aos elementos dos conselhos de administração das empresas", disse a fonte do regulador do sector ferroviário.
Ainda esta semana, acrescentou, "após ponderação do período que se considerar adequado para a interdição total de via solicitada, será assinada pelo IMTT a correspondente ICS".
Também a Refer adiantou que vai "proceder à suspensão da exploração ferroviária entre Vendas Novas e Casa Branca, logo que [esteja] disponível a correspondente instrução a emitir pelo regulador".
Contactado pela Agência Lusa, o porta-voz da comissão de utentes dos comboios Intercidades da Linha do Alentejo, João Fialho, mostrou-se surpreendido com a decisão do IMTT, garantindo que ainda não se realizaram reuniões entre a comissão de utentes, câmaras de Évora e Vendas Novas e as empresas Refer e CP.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 20/02/2019
Orquestra Clássica
nasce em Almodôvar
A manhã do passado sábado, 2 de Fevereiro, marcou o arranque do novo (e ambicioso) projecto da Almovimento-Associação Desportiva, Recreativa e Cultural de Almodôvar: a Orquestra Clássica.
07h00 - quarta, 20/02/2019
Prisão preventiva para autores
de furto detidos em Ferreira
O Tribunal de Ferreira do Alentejo aplicou nesta segunda-feira, 18, a medida de coacção de prisão preventiva para os dois homens, de 19 e 29 anos, detidos no fim-de-semana pela GNR em Ferreira do Alentejo pelo crime de furto.
07h00 - terça, 19/02/2019
Mina de Aljustrel reduz emissão de poeiras
A Almina, concessionária das minas de Aljustrel, conta ter concluídas até final deste ano de 2019 todas as intervenções programadas, no sentido de eliminar a emissão de poeiras para a malha urbana da vila.
07h00 - terça, 19/02/2019
Monchique convidado
na Feira do Porco
Depois de Melgaço, Portel e Almeirim, será o concelho algarvio de Monchique o convidado da Feira do Porco Alentejano 2019, que se vai realizar de 22 a 24 de Março de 2019 na vila de Ourique.
07h00 - terça, 19/02/2019
São Luís apresenta
marca "Escalabardo"
Depois de muitos meses de trabalho no atelier instalado no Cerro do Moinho, a Junta de Freguesia de São Luís apresenta nesta terça-feira, 19 de Fevereiro, a marca "Escalabardo", resultado do projecto de cariz ambiental, social e comunitário que tem o mesmo nome.

Data: 08/02/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial