08h25 - segunda, 05/07/2010

Câmara de Odemira lança Balcão Único de Atendimento em Julho

Câmara de Odemira lança Balcão Único de Atendimento em Julho

Imagine uma "visita" a uma câmara municipal para tratar de um qualquer assunto sem ter de andar a pulular de balcão em balcão, com impressos para cima e requerimentos para baixo até ver a questão resolvida (ou não!) – seria um sonho, não seria? Talvez o fosse em muitos concelhos mas não em Odemira, onde a Câmara Municipal vai lançar o Balcão Único de Atendimento ao Munícipe para todas as valências da autarquia.
"Deixamos de estar organizados em função dos processos e passamos a trabalhar em função do cidadão", resume ao "CA" o vereador Ricardo Cardoso, não escondendo que o projecto "muda muito" a "maneira interna de actuar" da autarquia, dado que concentrar todos os serviços num único balcão implica "uma grande articulação interna" e a "mexida total nos serviços".
O novo Balcão Único vai "estrear-se" ainda este mês de Julho e de início pode atender até quatro munícipes em simultâneo. Tudo para a autarquia "demorar menos tempo" e ser "menos burocrática" no atendimento ao seu "cliente", que é o munícipe, explica o edil.
"Queremos que eles venham ao Município e saiam mais satisfeitos com o que encontram", vinca Ricardo Cardoso, lembrando que o cidadão só terá de consultar outro serviço além do Balcão Único se não recorrer ao multibanco para proceder a algum pagamento. Caso contrário, nota, o munícipe "senta-se na cadeira e não precisa dali sair".

Ambição de simplificar
A criação de um Balcão Único de Atendimento na Câmara de Odemira surge no âmbito do projecto de simplificação administrativa municipal "Odemira Simplifica", que visa introduzir nos serviços da autarquia "a linguagem da modernização".
" Não tenho dúvidas nenhumas que é este o caminho a percorrer" por todas as câmaras municipais portuguesas. "Satisfazer as necessidades dos cidadãos e dos agentes económicos e associativos da forma mais rápida, mais cómoda, mais próxima e mais simples é o objectivo de qualquer autarquia moderna", sintetiza Ricardo Cardoso, acrescentando: "O que se pretende é alterar comportamentos, encarar os cidadãos de forma mais aberta e dar uma resposta mais rápida às solicitações dos munícipes".
Representando um investimento total de cerca de 150 mil euros, o projecto inclui ainda, além da criação do Balcão Único, a melhoria do funcionamento interno da autarquia (através da reorganização dos serviços e da recuperação de alguns edifícios municipais) e o "incremento da cidadania" através do lançamento do orçamento participativo.
"Os munícipes vão poder decidir efectivamente uma percentagem do nosso Plano Plurianual de Investimentos", explicando que tal será concretizado da forma mais democrática possível: por voto. "O processo divide-se em três grandes fases: primeiro, recebemos propostas dos munícipes; em segundo, analisamos essas propostas; e depois colocamos à votação as mesmas".
Além destas medidas, o executivo municipal odemirense pretende igualmente implementar a contabilidade analítica. Queremos "saber efectivamente o custo de todas as acções que o Município faz. Afinal, se queremos decidir se podemos fazer pelos nossos meios ou se devemos contratar por fora uma determinada actividade é fundamental ter contabilidade analítica", justifica Ricardo Cardoso.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
11:31, Terça-feira, 10 de Novembro de 2020
apenas com duas pessoas a atender não responde de modo algum às exigências dos munícipes

21:12, Quarta-feira, 04 de Setembro de 2020
José Matos
O meu concelho é inovador dessa maneira no atendimento ao público num só lugar eu não sabia, vivo em Lisboa. Tomei conhecimento por esta noticia.

08h00 - sábado, 04/07/2020
Incêndio em Rio de
Moínhos causa ferido
Um incêndio rural perto da localidade de Rio de Moinhos, no concelho de Aljustrel, causou na tarde desta sexta-feira, 3 de Julho, um ferido grave, que acabou por ser transportado para o Hospital de São José, em Lisboa, com queimaduras.
08h00 - sábado, 04/07/2020
Militares da GNR de Odemira
condenados por agressões
Os cinco militares da GNR de Odemira e de Milfontes foram considerados culpados no caso em que eram acusados, entre outros crimes, de agredirem dois imigrantes na zona do Almograve em Outubro de 2018.
07h00 - sexta, 03/07/2020
Distrito de Beja
tem sete candidatos
a "maravilha"
Já são conhecidos os sete finalistas regionais do distrito de Beja no concurso das "7 Maravilhas da Cultura Popular", iniciativa que pretende reconhecer o património cultural material e imaterial de Portugal.
07h00 - sexta, 03/07/2020
CM Castro Verde requalifica
parques infantis da vila
A Câmara de Castro Verde deverá em breve adjudicar à empresa CRP-Comércio e Reciclagem de Produtos, Lda.
07h00 - quinta, 02/07/2020
Presidente do
Lar Jacinto Faleiro
apresenta demissão
Leandro Gonçalves apresentou, na terça-feira, 30 de Junho, a demissão dos cargos de presidente da direcção do Lar Jacinto Faleiro (Castro Verde) e também de vogal do PS na Assembleia Municipal de Castro Verde.

Data: 26/06/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial