08h29 - terça, 18/10/2011

Freguesias do distrito de Beja vão hastear bandeiras negras e colocar faixas contra extinção

Freguesias do distrito de Beja vão hastear bandeiras negras e colocar faixas contra extinção

Juntas de freguesia do distrito de Beja vão hastear bandeiras negras e colocar faixas nas suas sedes contra a extinção de freguesias prevista na reforma da administração local, que, alertam, "só contribuirá para um maior despovoamento e desertificação".
Juntas de freguesias do distrito de Beja estão "frontalmente contra a extinção ou aglomeração de qualquer freguesia, a não ser por vontade própria dos seus órgãos e das suas populações", disse hoje à Agência Lusa o coordenador distrital de Beja da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), Álvaro Nobre.
Por isso, as juntas vão manifestar o seu "repúdio pela extinção de freguesias" através de várias "formas de luta", como hastear bandeiras negras e colocar faixas nas suas sedes a dizer "Não à extinção da nossa freguesia", o que deverá acontecer a partir do final desta semana, disse.
Para "envolver e mobilizar a população na luta", as juntas vão promover plenários, vigílias e assembleias de freguesia extraordinárias com a participação das populações e um abaixo-assinado, que, após recolhidas as assinaturas necessárias, será entregue na Assembleia da República.
Segundo o também presidente da Junta de Freguesia de Cabeça Gorda, no concelho de Beja, as juntas querem promover uma manifestação em frente da Assembleia da República no dia em que o abaixo-assinado for entregue.
As "formas de luta" foram decididas num encontro que decorreu no sábado, em Beja, e juntou representantes de "cerca de 40" das 100 juntas de freguesia do distrito, disse Álvaro Nobre.
O encontro, promovido pela delegação de Beja da ANAFRE, serviu para analisar o Documento Verde da Reforma da Administração Local proposto pelo Governo.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
15:37, Terça-feira, 18 de Março de 2019
Vai- a Odemira perguntar



Odemira é que pode dizer se vale a pena ser grande ou não?



Pelo menos mais nenhum concelho tem essa experiencia de ser grande como Odemira sempre foi.



É pena é que Odemira para o Terreiro do Paço não exista.



07h00 - quarta, 18/09/2019
Aulas de dança
em Almodôvar com
novos horários
A escola de dança da associação Almovimento, de Almodôvar, tem novos horários desde o início deste mês de Setembro, altura em que recomeçaram as aulas com o professor Fábio Duarte na Casa do Povo.
07h00 - quarta, 18/09/2019
Novos trilhos pedonais
no concelho de Aljustrel
A Câmara de Aljustrel viu aprovada, pelo Alentejo 2020, a candidatura a financiamento apresentada para o projecto que visa a criação de uma série de percursos pedonais no concelho.
17h07 - terça, 17/09/2019
Incêndio em Panóias
corta trânsito no IC1
Um incêndio numa zona de mato na área da União de Freguesias de Panóias e Conceição, no concelho de Ourique, está a ser combatido por 69 bombeiros e obrigou ao corte do IC1 nos dois sentidos entre a Estação de Ourique e o cruzamento de Panóias.
15h57 - terça, 17/09/2019
Faleceu ex-vereadora
da Câmara de Castro
Faleceu nesta terça-feira, 17 de Setembro, Maria Alice Guerreiro, de 72 anos, que foi vereadora da Câmara Municipal de Castro Verde, eleita pela CDU, no mandato de 1993 a 1997.
07h00 - terça, 17/09/2019
CM Castro Verde
transporta alunos até
à estação da Funcheira
A Câmara de Castro Verde tem abertas as inscrições para o serviço gratuito de transporte entre Castro Verde e a estação ferroviária da Funcheira, destinado a alunos do concelho que frequentam o ensino superior e outros estabelecimentos de ensino em Lisboa e no Algarve.

Data: 13/09/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial