08h48 - terça, 31/07/2012

João Ramos acusa Governo de "falta de vontade política" para dinamizar aeroporto de Beja

João Ramos acusa Governo de "falta de vontade política" para dinamizar aeroporto de Beja

O deputado do PCP eleito por Beja, João Ramos, acusa o Governo de ter "falta de vontade política" para pôr o aeroporto de Beja a funcionar e lamenta as incertezas sobre outros projectos do Baixo Alentejo, como o Alqueva e a construção da A26.
Em relação ao aeroporto de Beja, há "um acumular de atrasos que não serão benéficos" e "uma grande falta de vontade política" do Governo "em resolver o problema" e pôr a infraestrutura a funcionar, disse João Ramos durante a conferência de imprensa onde fez o balanço da sua actividade na última sessão legislativa na Assembleia da República.
Segundo o deputado, a "prova" da "falta de vontade política" do Governo, que "tem de ser ultrapassada", está sobretudo no atraso de seis meses na criação do grupo de trabalho para definir formas de rentabilização do aeroporto de Beja.
Por outro lado, "muitas vezes", as forças políticas que suportam o Governo PSD/CDS-PP referem-se ao aeroporto de Beja como sendo um "elefante branco", acrescentou.
João Ramos frisou também que há "atrasos" no processo de captação de investimentos e procura de soluções para o aeroporto de Beja, que devia ter começado quando arrancou a construção da infra-estrutura aeroportuária.
João Ramos sublinhou ainda que "o grupo parlamentar do PCP foi o que mais trabalhou em prol do distrito de Beja" na passada legislatura, tendo apresentado 58 perguntas (contra 18 do PS e duas do PSD) e quatro projectos de resolução (contra um do PSD e nenhum do PS) sobre matérias do distrito.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
13:58, Terça-feira, 31 de Janeiro de 2019
Reinaldo Louro
O que o sr. deputado comunista João Ramos omitiu é que existe uma comissão liderada pelo eng. João Paulo Ramôa, ex-governador civil de Beja e representações das forças vivas do distrito para apresentar relatório escrito da viabilidade do mesmo e das valências anexas.
O que voltou a omitir foi que para além do auto-elogio do trabalho realizado na Assembleia da República, optou pelo silêncio assim como toda a sua bancada na assinatura da contestação junto do Tribunal Constituicional ( como fizeram deputados do PS e do BE ), perante a inconstituicionalidade do corte dos subsídios de férias e de natal dos funcionários públicos e pensionistas alentejanos.
Legislar não é ser oportunista, populista e demagogo !

07h00 - quarta, 20/11/2019
Câmara de Almodôvar
distinguida pelo IEFP
A Câmara de Almodôvar foi distinguida com a marca "Entidade Empregadora Inclusiva 2019", atribuída de dois em dois anos pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) como forma de reconhecer publicamente "práticas de gestão abertas e inclusivas, desenvolvidas por entidades empregadoras, relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade".
07h00 - quarta, 20/11/2019
Junta de Mértola
incentiva poupança
A Junta de Freguesia de Mértola sorteou, no final de Outubro, aquando das comemorações do Dia Mundial da Poupança, três contas-poupança para crianças do pré-escolar e primeiro ciclo.
07h00 - terça, 19/11/2019
CDU e PS trocam
críticas em Castro Verde
As concelhias da CDU e do PS de Castro Verde emitiram comunicados onde trocam diversas críticas, com os comunistas a considerarem que os dois anos de mandato autárquico do PS no concelho têm sido de "má gestão", ao passo que os socialistas acusam a CDU de preferir "esconder a verdade" e de "não fazer oposição séria".
07h00 - terça, 19/11/2019
Câmara de Beja exige
requalificação da EN 121
A Câmara de Beja exige que o novo Governo tome "medidas rápidas" quer permitam a recuperação do pavimento da Estrada Nacional (EN) 121/ IP 8, no troço que abrange o concelho de Beja.
07h00 - terça, 19/11/2019
Ourique investe
143 mil euros
na Educação
A Câmara de Ourique viu aprovada por fundos comunitários uma candidatura no valor de quase 144 mil euros para a aquisição de equipamentos para todas as escolas do pré-escolar e do primeiro ciclo do concelho (com excepção de Ourique, que obteve financiamento há menos de 10 anos) e para a Escola Básica (EB) 2,3.

Data: 08/11/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial