06h00 - terça, 14/08/2012

Almodovarense Diogo Gonçalves é grande esperança do Benfica

Almodovarense Diogo Gonçalves é grande esperança do Benfica

Ao longo da última época, a Benfica TV foi seguramente um dos canais mais vistos em Almodôvar e Castro Verde aos sábados de tarde ou nos domingos de manhã.
Nesses dias, eram muitos os almodovarenses e castrenses que se "colavam" ao canal da águia para ver em directo os jogos da equipa de iniciados. Tudo por "culpa" do número 7 dos encarnados: Diogo Gonçalves, menino da terra e um verdadeiro "terror" para as balizas adversárias!
Aos 15 anos, Diogo está a caminho do "Olimpo" da bola. Para já, é uma das figuras da equipa do Benfica que em 2011-2012 se sagrou campeã nacional de iniciados e já chegou à Selecção Nacional da categoria.
Mas Diogo quer mais, muito mais!
"O meu principal objectivo é ser futebolista profissional. Sei que não é fácil, mas vou fazer de tudo para lá chegar", confessa o jovem avançado encarnado ao "CA", num discurso que em nada surpreende todos aqueles que o viram crescer com a bola colada aos pés, sempre atrás do pai e revelando ainda quase a gatinhar um talento nato que tem tudo para se afirmar no difícil universo do futebol ao mais alto nível.

<b>Diogo, o futebolista</b>
O futebol surgiu de forma natural na vida de Diogo António Cupido Gonçalves, quase como se o "bichinho da bola" já lhe viesse entranhado nos genes.
Filho do antigo futebolista Vítor Jacob, Diogo nasceu em 1997 e em 2003, com apenas seis anos, já alinhava com a camisola do Almodôvar.
"O meu pai na altura também jogava futebol e mais tarde passou a treinador. E eu vivia aquilo de uma forma diferente, pois acompanhava muito de perto o mundo do futebol", lembra o jovem, que pouco depois despertou a atenção do Benfica, onde chegou após dois anos de "tirocínio" no Ferreiras, filial algarvia dos encarnados.
A partir daí, nunca mais a sua vida foi a mesma!
"Chegar ao Benfica era um objectivo que tinha desde muito novo, um sonho que partilhava com o meu pai. O Benfica é o meu clube de coração e foi com muita alegria que vesti pela primeira vez a camisola. Senti que 'pesava' mais que as outras, que havia outra responsabilidade e outros objectivos", afiança Diogo.
Estar longe de casa não é "pêra-doce" para ninguém, muito menos para uma criança de 12 anos, que pouco a pouco teve de se habituar à rotina do Centro de Estágios do Benfica, no Seixal.
"A minha adaptação não foi muito difícil, pois já sabia para o que estava guardado. A minha família deu-me imensos conselhos e avisos. E por outro lado, ia com dois colegas do Algarve, o que facilitou a adaptação", recorda o jovem almodovarense, não escondendo que, apesar de tudo, são sempre muitas as saudades da família.
"Mas os meus pais fazem um esforço para me ver todos os fins-de-semana", nota.
Hoje, a rotina de Diogo no Seixal é quase sempre a mesma: "levantar e despachar-me, ir para a escola, regressar a meio da tarde para os treinos – quer no ginásio quer no campo – e depois jantar, estudar um pouco e, o mais importante, descansar".
Pelo meio, o petiz avançado tem também oportunidade de confraternizar com os craques do principal plantel do Benfica, que a maioria só vê na TV.
"É verdade, tenho essa sorte… Já pedi autógrafos e até já me deram várias chuteiras e camisolas", admite.

<b>Diogo, o goleador</b>
No Seixal, são muitos os que já tratam Diogo pela alcunha de "Diji".
Mas na hora de entrar em campo, todos o conhecem por Diogo Gonçalves, o temível avançado que só no último ano marcou 37 golos no campeonato nacional de iniciados A, alguns dos quais ao eterno rival de Alvalade.
"O mais especial desses golos foi aquele que marquei quando ganhamos 1-0 em Alcochete [na Academia do Sporting], ainda na primeira fase do campeonato", confessa Diogo, satisfeito com a temporada realizada de águia ao peito.
"Foi uma época que é impossível esquecer, pois obtive os meus objectivos pessoais e colectivos. Conquistei o título nacional e fui o melhor marcador da equipa. E as duas internacionalizações que obtive foi o coroar de um ano de muito esforço e trabalho", sublinha.

<b>Diogo, o sonhador</b>
Aos 15 anos, Diogo está na idade de todos os sonhos. E os do jovem avançado natural de Almodôvar são bem simples: "O meu principal objectivo é chegar à equipa principal do Benfica e à Selecção Nacional. O que vier depois será por acréscimo", confidencia, garantindo nunca ter imaginado uma alternativa de vida ao futebol, apesar de até ser bom aluno.
Amante da bola, Diogo tem como grande referência Cristiano Ronaldo.
Talvez por isso sonhe em chegar ao nível do craque do Real Madrid e, quem sabe, partilhar com ele a experiência de jogar por Portugal.
"Se continuar a trabalhar com muita humildade, acho que tenho possibilidades de um dia lá chegar", assevera de sorriso aberto e sonhos no olhar.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sexta, 24/01/2020
Beja vai receber
ministros de
17 países da UE
A cidade de Beja vai receber, no próximo dia 1 de Fevereiro (sábado), a reunião anual do Grupo dos Amigos da Coesão da União Europeia (EU), que juntará os primeiros-ministros e ministros de Portugal, República Checa, Grécia, Lituânia, Polónia, Eslováquia, Eslovénia, Chipre, Croácia, Estónia, Hungria, Letónia, Bulgária, Malta, Roménia, Espanha e Itália.
07h00 - sexta, 24/01/2020
Três detidos por
tráfico em Beja
A GNR deteve nesta quarta-feira, 22, em, Beja, três homens, com idades entre os 24 e os 34 anos, por suspeitas da prática do crime de tráfico de estupefacientes no concelho.
07h00 - sexta, 24/01/2020
Autarcas reúnem com
presidente da ANACOM
Os autarcas do distrito de Beja reúnem nesta sexta-feira, 24, na sede da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL), com o presidente da ANACOM-Autoridade Nacional de Comunicações.
07h00 - sexta, 24/01/2020
Estrada Nacional 2
é um "buraco pegado"
A 26 de Janeiro de 2018 a Infra-estruturas de Portugal (IP) anunciava, através do "CA", que ia avançar com uma empreitada de "grande requalificação" em parte do troço da Estrada Nacional (EN) 2 que liga Aljustrel a Castro Verde.
07h00 - quinta, 23/01/2020
Câmara de Aljustrel exige
obras na Estrada Nacional 2
A Câmara de Aljustrel apresentou nesta terça-feira, 21, nova exposição ao ministro das Infra-estruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, sobre o mau estado em que se encontro o troço Aljustrel-Castro Verde da Estrada Nacional (EN) 2.

Data: 24/01/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial