00h00 - segunda, 24/12/2012

Sabores tradicionais no Natal de Beja

Sabores tradicionais no Natal de Beja

Porquinhos de doce e chocolate, bolo-rei, bombons… Estes são alguns dos sabores que "adoçam" a boca (e o estômago) dos bejenses durante o período do Natal.
Os porquinhos de doce produzidos pelo centenário Luiz da Rocha são mesmo um dos "cartões-de-visita" da doçaria de Beja, sendo que as suas origens continuam a suscitar muitas interrogações.
"Há quem defenda que é um doce conventual vindo de um convento de Évora, mas também há quem defenda a ideia de que ele foi criado e idealizado pelo senhor Luiz da Rocha", revela António Leandro, presidente da cooperativa de trabalhadores que dirige o estabelecimento.
Mas nesta altura do Natal também saem da cozinha do mais antigo café de Beja "milhares de quilos" do tradicional bolo-rei.
"Toda a gente da região e da cidade conhece o nosso bolo-rei, que é de excelência e não tem nada a ver com algumas coisas que por aí vemos. Por isso somos os principais fabricantes de bolo-rei na cidade", frisa António Leandro.
A par do bolo-rei e do porquinho de doce, os bombons "com sabor a Alentejo" da Mestre Cacau também são presença habitual nas mesas da consoada em Beja.
"Aliamos o chocolate ao facto de ser feito na nossa cidade e com produtos da região, o que torna o chocolate um produto ainda mais único", conta Célia Dia, uma das sócias da empresa fundada em 2005 e que nesta época tem sempre algumas "surpresas" para os seus clientes.
"Há sempre a preocupação de ter novidades e ter produtos alusivos ao Natal, como é o caso de árvores de Natal ou figuras de chocolate. Este ano também vamos ter novas embalagens, onde o cliente pode colocar o seu sortido" de bombons, revela.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
15:00, Segunda-feira, 24 de Março de 2019
guloso
muito bom

07h00 - quarta, 20/11/2019
Câmara de Almodôvar
distinguida pelo IEFP
A Câmara de Almodôvar foi distinguida com a marca "Entidade Empregadora Inclusiva 2019", atribuída de dois em dois anos pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) como forma de reconhecer publicamente "práticas de gestão abertas e inclusivas, desenvolvidas por entidades empregadoras, relativamente às pessoas com deficiência e incapacidade".
07h00 - quarta, 20/11/2019
Junta de Mértola
incentiva poupança
A Junta de Freguesia de Mértola sorteou, no final de Outubro, aquando das comemorações do Dia Mundial da Poupança, três contas-poupança para crianças do pré-escolar e primeiro ciclo.
07h00 - terça, 19/11/2019
CDU e PS trocam
críticas em Castro Verde
As concelhias da CDU e do PS de Castro Verde emitiram comunicados onde trocam diversas críticas, com os comunistas a considerarem que os dois anos de mandato autárquico do PS no concelho têm sido de "má gestão", ao passo que os socialistas acusam a CDU de preferir "esconder a verdade" e de "não fazer oposição séria".
07h00 - terça, 19/11/2019
Câmara de Beja exige
requalificação da EN 121
A Câmara de Beja exige que o novo Governo tome "medidas rápidas" quer permitam a recuperação do pavimento da Estrada Nacional (EN) 121/ IP 8, no troço que abrange o concelho de Beja.
07h00 - terça, 19/11/2019
Ourique investe
143 mil euros
na Educação
A Câmara de Ourique viu aprovada por fundos comunitários uma candidatura no valor de quase 144 mil euros para a aquisição de equipamentos para todas as escolas do pré-escolar e do primeiro ciclo do concelho (com excepção de Ourique, que obteve financiamento há menos de 10 anos) e para a Escola Básica (EB) 2,3.

Data: 08/11/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial