10h45 - sábado, 02/03/2013

Nova PAC deixa
CAP preocupada

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) está preocupado com o orçamento da Política Agrícola Comum (PAC), para os próximos sete anos.
“É sabido que esta PAC vai perder dinheiro, o orçamento comunitário perde em termos reais 14%, o que é muito dinheiro, e nessa matéria nós temos um problema que é dividir um bolo por 28 países”, diz João Machado.
Para o responsável, Portugal tem obtido ao longo do tempo um tratamento por parte da PAC que “não é muito favorável”, considerando que os agricultores e os dirigentes agrícolas têm nesta altura “toda a legitimidade” para estarem “preocupados”.
“Nós queremos saber, no final (negociações da PAC) se vamos perder e quanto é que vamos perder, porque se perdermos mais do que a média europeia quer dizer que estamos a divergir da União Europeia (UE) e não a convergir como estava estipulado, e ainda não temos esses números finais”, acrescenta.
João Machado mostra-se ainda “preocupado” com as regras que estão a ser “impostas”, considerando que as mesmas são muito “distintas” das regras da PAC introduzidas no quadro comunitário que está em vigor.

COMENTÁRIOS

Nome:
*Email:
Comentário (máx 1000 caracteres):

* O endereço de email não será publicado

Não há comentários para este artigo



Proxima edicao 20 de Junho