00h00 - terça, 16/07/2013

Politécnico de Portalegre cria
curso na área dos biocombustíveis

Politécnico de Portalegre cria curso na área dos biocombustíveis

O Instituto Politécnico de Portalegre (IPP) vai avançar, no próximo ano lectivo, com uma licenciatura em Tecnologias de Produção de Biocombustíveis, iniciativa que está a gerar a expectativa por parte da comunidade escolar.
"É uma aposta estratégica do IPP, da região, no sentido de estimular o desenvolvimento", diz à Agência Lusa Paulo Brito, responsável pelo departamento de Tecnologias e Design da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Portalegre (ESTG).
A criação deste curso, segundo Paulo Brito, está ligada às "potencialidades que o Alto Alentejo tem na área da produção de biocombustíveis".
"A indústria instalada é muito agro-industrial e a produção de biocombustíveis também surge da utilização de resíduos dessas indústrias", explica.
A iniciativa, que nasce de uma "estratégia" montada por parte do IPP para a área dos biocombustíveis, está a gerar "expectativa" e a "curiosidade" por parte da comunidade escolar.
"O curso ainda não foi a concurso e não sabemos qual é a procura", mas, "desde que foi aprovado, registado e divulgado, tem havido muitas pessoas a mostrar interesse e a solicitar informações, o que é positivo", sublinha.
Este curso tem como objectivo a formação de quadros com competências que vão desde as áreas de tecnologias de produção agrícola e de gestão de resíduos agrários e industriais até às de tecnologias industriais de produção de biocombustíveis e outros produtos químicos, numa lógica baseada na bio-refinação.
No âmbito das energias renováveis, este é o terceiro curso lançado pelo IPP, depois da licenciatura em Engenharia das Energias Renováveis e Ambiente e do mestrado em Tecnologias de Valorização Ambiental e Produção de Energias.
Englobado também nesta estratégia, foi já anunciada a criação, num dos terrenos pertencentes à ESTG, de um centro de bioenergia, num investimento superior a 1,7 milhões de euros, com apoio de fundos comunitários.
Este projecto deverá estar no terreno "entre 2014 e 2015", diz à Lusa Tiago Gaio, da Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo (AREANATejo), parceira da iniciativa.
"O IPP pretende criar uma incubadora de empresas, ou seja, uma nave com pequenas unidades industriais na área da bioenergia, a funcionar com diferentes biocombustíveis", explica.
O centro, segundo Tiago Gaio, vai contar também com um laboratório "especializado em tudo o que seja análise, investigação científica, estudos e projectos na temática daquilo que é a bioenergia a nível industrial".
A criação do centro surge no quadro do Sistema Regional de Transferência de Tecnologia (SRTT) e do Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo (PCTA), que agrega todas as instituições de ensino superior da região, empresas e outras instituições alentejanas.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 25/05/2020
Aljustrel retoma
mercados mensais
A Câmara de Aljustrel decidiu retomar a realização de mercados mensais no Parque de Feiras e Exposições da "vila mineira", ainda que mediante o cumprimento de novas regras devido à pandemia de Covid-19.
07h00 - segunda, 25/05/2020
Câmara de Almodôvar aprova
apoios às empresas do concelho
A Câmara de Almodôvar aprovou na passada semana, em reunião do executivo, um lote de candidaturas, no valor aproximado de 29591 euros, no âmbito do Programa de Apoio ao Tecido Empresarial (PATECA).
07h00 - segunda, 25/05/2020
Odemira recebeu
vigília pelas artes
A vila de Odemira foi um dos "palcos", na passada quinta-feira, 21, da vigília pelas artes e cultura em Portugal, numa iniciativa da qual acabou por nascer a Plataforma Cultura e Artes Odemira, que junta diversos artistas residentes no concelho.
07h00 - sexta, 22/05/2020
Secretário de Estado
acompanha testes à Covid
em Ferreira do Alentejo
O secretário de Estado Adjunto e da Defesa Nacional, na sua qualidade de coordenador da execução do estado de calamidade do Alentejo devido à pandemia Covid-19, vai realizar nesta sexta-feira, 22, uma visita de trabalho a Ferreira do Alentejo.
07h00 - sexta, 22/05/2020
Requalificação do lar
de Messejana deverá
avançar até ao Verão
As obras da primeira fase de remodelação e ampliação das instalações do lar da Misericórdia de Nossa Senhora da Assunção, na vila de Messejana (concelho de Aljustrel), deverão avançar entre os meses de Julho e Agosto, num investimento total superior a um milhão de euros.

Data: 15/05/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial