00h00 - terça, 23/07/2013

Elvas vai ter pós-graduação
em regeneração urbana

Elvas vai ter pós-graduação em regeneração urbana

Um curso de pós-graduação na área da requalificação e regeneração urbana começa a ser leccionado, a partir de Outubro, em Elvas, fruto de um protocolo assinado entre quatro instituições de ensino superior e dez municípios.
A parceria prevê a instalação em Elvas de "um pólo de formação", onde vai ser leccionada "uma pós-graduação na área da recuperação e revitalização do património, que poderá servir também de primeiro ano de um doutoramento", explica à Agência Lusa o presidente da Câmara de Elvas, José Rondão Almeida.
Estão envolvidas no projecto as universidades de Lisboa e de Évora, o Politécnico de Portalegre e a Universidade da Estremadura (Espanha) e as câmaras de Alandroal, Arronches, Borba, Campo Maior, Elvas, Estremoz, Sousel e Vila Viçosa e de Badajoz e Olivença (Espanha).
O autarca alentejano refere que o curso vai ser leccionado nas instalações da Escola Superior Agrária de Elvas e que as inscrições podem ser feitas, a partir do dia 1 de Setembro, em qualquer uma das quatro instituições de ensino superior.
De acordo com Rondão Almeida, as câmaras vão realizar reuniões para convidar "os seus técnicos das áreas da engenharia, arquitectura, história, arqueologia e antropologia" a conhecerem "o currículo que compõe esta acção de formação".
"O primeiro semestre do curso inicia-se no dia 1 de Outubro deste ano", adianta, revelando que as universidades e o politécnico "estão também a estudar a possibilidade de criar em Elvas um centro de formação e de investigação" na mesma área.
"Seria algo que traria para a nossa região uma mais-valia em termos daquilo que é o saber e, por outro lado, traria também uma verdadeira junção entre aquilo que são as necessidades nesta vertente tanto na Estremadura, como no Alentejo", acrescenta.
O apoio científico será assegurado pelas quatro instituições de ensino superior, o apoio técnico pela Escola Superior Agrária de Elvas e a parte logística pelos dez municípios.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quinta, 12/12/2019
Agricultores e PSD contestam
restrições nas agro-ambientais
A Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo (FAABA) e a Distrital de Beja do PSD vieram a público contestar a decisão do Ministério da Agricultura de de restringir os apoios às medidas agro-ambientais a uma medida por beneficiário até ao próximo quadro comunitário.
07h00 - quinta, 12/12/2019
Campanha de Natal
no comércio de Mértola
A Câmara de Mértola tem a decorrer, até 6 de Janeiro (dia de Reis), mais uma edição da campanha "Neste Natal compre no comércio local e ganhe prémios", que visa promover, incentivar e dinamizar as compras no comércio local na época natalícia na "vila-museu".
07h00 - quarta, 11/12/2019
"Empregabilidade tem
sido prioridade em Aljustrel"
A empregabilidade e o desenvolvimento económico e social do concelho continuam no topo das prioridades da Câmara de Aljustrel, revela o autarca Nelson Brito em entrevista ao "CA".
07h00 - quarta, 11/12/2019
Ciências promovidas
nas escolas de Odemira
A Câmara de Odemira vai lançar junto da comunidade escolar do concelho o roteiro "Mira a Terra", que vai permitir uma oferta organizada de actividades lúdico-didácticas para aprendizagem das áreas científicas fora sala de aula.
07h00 - terça, 10/12/2019
Câmara de Odemira com
orçamento de 34,5 milhões
A Câmara de Odemira vai contar em 2020 com um orçamento de cerca de 34,5 milhões de euros, mais 1,3 milhões de euros que o valor orçamentado para o presente ano de 2019.

Data: 06/12/2019
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial