11h03 - quinta, 11/05/2017

Uma seca que deve preocupar


Carlos Pinto
Há três anos que chove abaixo do que é normal. Uma situação que muitos não lamentam, mas que deve preocupar a todos. E o caso não é para menos: sem chuva o volume de armazenamento de água nas barragens cai para níveis preocupantes e nos campos a terra quase que "morre à sede", com todos os prejuízos que isso acarreta para as actividades agrícola e pecuária.
Este grave problema sente-se de forma ainda mais aguda no Baixo Alentejo, em particular em territórios como o Campo Branco, longe de Alqueva e sem grandes fontes de água além dos (fracos) caudais de ribeiras e das "benesses" de São Pedro. É por isso que o anúncio recente, por parte do ministro da Agricultura, de estar a ser criada uma equipa inter-ministerial para acompanhar a evolução da situação de seca em Portugal e equacionar as medidas que se revelarem necessárias constitui uma boa notícia.
Mas o que seria, efectivamente, uma excelente novidade seria o alargamento do projecto do Alqueva a esta zona sul do distrito. Agricultores, dirigentes associativos e agentes políticos já o defenderam publicamente. E parece por demais óbvio que este terá de ser o caminho a seguir. Seja para proporcionar a estes territórios a garantia de água em quantidade para as suas necessidades, seja para proporcionar uma situação de igualdade entre alentejanos e, simultaneamente, possibilitar novas oportunidades à lavoura local.

Parabéns ao campeão!
O FC Castrense acaba de se sagrar campeão distrital… mais uma vez! Um título suado, que só chegou na última jornada e depois de ultrapassados alguns escolhos. Mas inteiramente merecido por parte da única equipa que sempre assumiu esta conquista como a sua grande prioridade. Os parabéns aos campeões!



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - segunda, 22/01/2018
Aljustrel define estratégia
para 2018 na área
da protecção civil
A Comissão Municipal de Protecção Civil de Aljustrel aprovou na passada semana o seu plano de trabalho para 2018, que inclui acções de sensibilização e outras intervenções.
00h00 - segunda, 22/01/2018
Unidade Móvel de
Saúde de Mértola com
campanhas no "terreno"
A Unidade Móvel de Saúde da Câmara de Mértola inicia nesta semana duas novas campanhas de sensibilização da população para a necessidade de prevenção de quedas e sobre os perigos da auto-medicação.
00h00 - segunda, 22/01/2018
EMAS Beja traça
prioridades para 2018
A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja tem como grande prioridade em 2018 realizar "intervenções muito cirúrgicas e específicas em toda a rede de águas, quer da cidade quer das freguesias rurais".
07h00 - domingo, 21/01/2018
DECO dá apoio
jurídico em Odemira
A DECO/ Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor iniciou nesta semana as sessões gratuitas de atendimento ao consumidor na vila de Odemira em 2018, que decorrerão sempre na terceira quinta-feira de cada mês.
00h00 - domingo, 21/01/2018
Beja: PS elogia orçamento,
CDU critica algumas opções
A Assembleia Municipal de Beja aprovou nesta semana o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2018 da Câmara, no valor de 33,8 milhões de euros, mas o documento é avaliado de diferente forma por PS e CDU.

Data: 12/01/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial