15h00 - quinta, 08/03/2018

A riqueza de Mértola


Carlos Pinto
O ministro da Cultura esteve nesta semana em Mértola e reconheceu aquilo que há muito é uma certeza: a vila tem todas as condições para ser Património Mundial da Humanidade. Porque seja pela beleza natural "espelhada" nas águas do Guadiana, seja pela riqueza do seu património histórico-arqueológico que nos chega desde o tempo dos romanos e dos árabes, é óbvio para todos que Mértola é uma das localidades mais belas do país e carrega em si um potencial de visitação turística imenso.
Não é, portanto, de estranhar que a autarquia local venha a trabalhar desde há anos numa candidatura para a classificação de Mértola como Património da Humanidade pela Unesco, estando a vila já inscrita na Lista Indicativa de Portugal à Unesco. O caminho a percorrer ainda é longo mas certamente valerá a pena, até porque que a classificação de uma localidade enquanto Património da Humanidade é muito mais que um selo que confere importância aos vestígios histórico-arquitectónicos que aí se encontram.
Ser classificado como Património da Humanidade permite também a estas cidades, vilas ou aldeias ganharem novas ferramentas para a preservação da sua memória colectiva e para a dinamização dos seus usos e costumes. E depois, como sempre, há o lado económico da questão, uma vez que esta distinção colocará Mértola no "roteiro" de todos os turistas do mundo, atraindo para as suas ruas milhares de visitantes. Veja-se os casos de Évora, de Elvas ou de Sintra, onde os turistas que por lá passam anualmente fazem mexer a economia local e permitem a criação de novas dinâmicas sociais.
É este o futuro que Mértola merece: um futuro onde história e desenvolvimento andem de "mãos dadas". O caminho a percorrer ainda é longo, mas será seguramente bem-sucedido.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 10/12/2018
Concurso de montras
de Natal em Castro
A Câmara de Castro Verde promove a partir desta segunda-feira, 10 de Dezembro, um concurso de montras de Natal, dinamizado no âmbito das iniciativas "Natal em Castro Verde" e "Ofereça Castro Verde.
07h00 - segunda, 10/12/2018
Voluntariado vale
prémio à CM Beja
O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) atribuiu, no final da passada semana, o prémio "Boas Práticas de Voluntariado Jovem" à Câmara de Beja, em cerimónia realizada em Campo Maior.
07h00 - segunda, 10/12/2018
CM Aljustrel premiada
pela "Rota da Floresta"
A Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) atribuiu à Câmara de Aljustrel uma menção honrosa pela sua participação na actividade "Rota pela Floresta", prémio que será entregue numa cerimónia em Lagoa no próximo mês de Janeiro.
17h52 - domingo, 09/12/2018
FC Castrense vence
na casa do Aljustrelense
Um golo de Mike Habib e outro de Chileno permitiram ao FC Castrense somar três pontos neste domingo, 9 de Dezembro, na deslocação ao terreno do Mineiro Aljustrelense em partida da Série 1 da Taça de Honra da 1ª divisão.
07h00 - domingo, 09/12/2018
ACPA dinamiza Rota
do Porco Alentejano
Valorizar o Mundo Rural é o grande objectivo da Rota do Porco Alentejano, iniciativa que tem vindo a ser promovida pela Associação de Criadores do Porco Alentejano (ACPA), com sede em Ourique.

Data: 07/12/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial