12h23 - quinta, 16/05/2019

Campanha para quê?


Carlos Pinto
A 26 de Maio vamos escolher os nossos representantes em Bruxelas, votando naqueles que nos próximos cinco anos defenderão os interesses de Portugal no Parlamento Europeu. O que, contrariamente ao que parece em primeira instância, não é coisa de somenos importância! Afinal de contas, é da União Europeia que recebemos milhões de euros para novas infra-estruturas e programas de intervenção territorial, além de ser de lá que saem as principais normas e medidas que vão ditar a nossa actuação no dia-a-dia.
Por tudo isto, esperava-se que esta fosse uma campanha esclarecedora, com partidos e candidatos apostados em mostrar aos eleitores as ideias e propostas que levam para Bruxelas. Uma campanha onde se debatessem os principais problemas e desafios da União, do "brexit" à crise dos refugiados, não esquecendo a política monetária comum ou a federalização da Europa. Infelizmente, esta campanha tem sido precisamente o oposto. Quase ninguém fala da Europa e dos desafios que esta tem pela frente, optando por centrar os seus discursos e soundbytes excessiva (e quase unicamente) em matérias de politiquice nacional. Ou seja, esquece-se o essencial em detrimento do acessório. Sobretudo por parte dos partidos mais à direita, PSD e CDS, apostados em fazer desta eleição um referendo ao Governo (o que só deveria suceder em Setembro ou Outubro, com as legislativas).
A campanha vai a meio e os candidatos ainda vão a tempo de inflectir o seu percurso e os seus discursos. Que se fale de Europa nos próximos dias, para que estas eleições não sejam um fiasco em termos de participação. E, acima de tudo, para que 26 de Maio seja um dia em que Portugal dá um verdadeiro sinal do que pretende da União Europeia.



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 23/07/2019
Cerimónias militares
em Castro para festejar
Batalha de Ourique
Uma cerimónia militar, uma missa campal e um juramento de bandeira marcam o programa das comemorações do 880º aniversário da Batalha de Ourique em Castro Verde na próxima quinta-feira, 25.
07h00 - terça, 23/07/2019
CIMBAL prepara concurso
para transportes públicos
A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) está a preparar um concurso público internacional para a concessão dos transportes públicos rodoviários de passageiros na região.
07h00 - terça, 23/07/2019
Aldeias de Odemira
recebem simulacro
de incêndio
As pequenas aldeias de Lameiros e Vale Ferro, ambas no concelho de Odemira, recebem nesta terça-feira, 23, a partir das três da tarde, simulacros do programa "Aldeia Segura, Pessoas Seguras".
07h00 - terça, 23/07/2019
PS aprova lista de Beja para as Legislativas 2019
A Federação do Baixo Alentejo do PS aprovou nesta segunda-feira, 22, a lista de candidatos pelos distrito nas eleições Legislativas de 6 de Outubro, que voltará a ser liderada por Pedro do Carmo, como adiantou o "CA".
18h07 - segunda, 22/07/2019
Pedro do Carmo candidato do PS em Beja nas Legislativas
Está confirmado: Pedro do Carmo, actual deputado e presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, é o escolhido por António Costa para ser o cabeça-de-lista socialista no distrito de Beja nas eleições Legislativas de 2019.

Data: 12/07/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial