12h58 - quinta, 28/05/2020

Modelo exemplar


Carlos Pinto
Há cerca de 15 anos discutiu-se (e muito) o modelo de gestão da água em alta no Alentejo. De um sistema intermunicipal ao multimunicipal, passando pela possibilidade de uma parceria público-privada, houve propostas para todos os gostos (e ideologias), num processo marcado por muita celeuma e sempre com os autarcas eleitos pelo PCP a manifestarem grande resistência à evolução do processo. Foram quase quatro anos de discussão e negociações, até que, a 25 de Setembro de 2009, foi assinado o contrato de parceria pública entre 21 câmaras municipais da região (por intermédio da então recém-criada Associação de Municípios para a gestão da Água Pública do Alentejo) e a empresa Águas de Portugal. Assim nasceu a Águas Públicas do Alentejo (AgdA), que tem como missão fazer a exploração e gestão dos serviços de água relativos ao Sistema Público de Parceria Integrado de Águas do Alentejo, "visando a prestação de um serviço de qualidade, com respeito pelos aspectos essenciais de ordem social e ambiental, bem como a disponibilização das suas capacidades ao serviço do interesse nacional".
Quase 11 anos depois da assinatura deste contrato, os resultados estão à vista de todos! Ao todo, a AgdA já investiu perto de 140 milhões de euros em toda a região (sobretudo no Baixo Alentejo), resolvendo problemas com décadas em matéria de abastecimento de água em qualidade e, sobretudo, quantidade.
O projecto da AgdA é, sem dúvida, um exemplo a todos os níveis. Por isso mesmo, não deixa de ser estranho que alguns não o queiram replicar no plano dos sistemas de água em baixa, onde as carências na região são mais que muitas. Talvez a memória de há década e meia ajude a resolver algumas dúvidas...



Outros artigos de Carlos Pinto

COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
22h13 - sexta, 10/07/2020
Covid-19: Testes negativos a
trabalhadores da Somincor
Os trabalhadores da Somincor, empresa mineira de Neves-Corvo, testados nesta quinta-feira, 9, ao coronavírus Covid-19 tiveram resultado negativo, adianta a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Castro Verde.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Criminalidade diminuiu no distrito de Beja em 2019
O distrito de Beja é o quinto mais seguro em todo o país, tendo registado um decréscimo na criminalidade geral em 2019.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Programa de apoio à
cultura esgotado em Beja
A cidade de Beja vai receber, nos próximos meses, três exposições, cinco sessões de contos, quatro sessões de teatro e marionetas e 11 espectáculos musicais, fruto das candidaturas apresentadas ao Programa Municipal de Apoio à Cultura (PEAC).
07h00 - sexta, 10/07/2020
Distrital de Beja com
duas fases em 2021-2022
A partir da temporada de 2021-2022 o campeonato distrital da 1ª divisão da Associação de Futebol de Beja (AFBeja) contará com a participação de apenas 12 equipas e será disputado em duas fases.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Diocese de Beja assinala
250 anos da sua restauração
A 10 de Julho de 1770 foi restaurada, pelo Papa Clemente XIV, a Diocese de Beja, data assinalada 250 anos depois neste fim-de-semana, 10 a 12, com diversas iniciativas de cariz religioso.

Data: 10/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial