00h00 - sexta, 13/04/2018

EMAS Beja de
"portas abertas"

EMAS Beja de "portas abertas"

Manter uma "relação de proximidade" e "estabelecer laços de confiança com a comunidade" são os objectivos da EMAS de Beja ao criar um horário de atendimento ao público para o seu administrador-executivo, Rui Marreiros.
De acordo com fonte oficial da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja, o administrador-executivo vai passar a ter "um horário de atendimento com periodicidade semanal" para clientes e parceiros, nas tardes de segunda-feira.
Para tal será apenas necessário um agendamento prévio junto do Gabinete de Apoio à Administração, adianta a EMAS.
"Ao reforço do contexto de proximidade, pretende-se também uma melhoria da qualidade dos serviços, a resolução mais eficaz dos constrangimentos, sempre que isso seja possível, ou também, não menos importante, a recolha na primeira pessoa de propostas de melhoria", acrescenta a mesma fonte.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - segunda, 16/07/2018
Problemas graves na
Basílica de Castro Verde
Depois de um Inverno e uma Primavera particularmente chuvosos, o estado de degradação da Basílica Real de Castro Verde é cada vez mais evidente e preocupante.
00h00 - segunda, 16/07/2018
Intercidades volta
a Amoreiras-Gare
Cinco de Agosto: é esta a data definida pela empresa Comboios de Portugal (CP) para o início das paragens do Intercidades na estação Amoreiras-Odemira, em Amoreiras-Gare.
00h00 - domingo, 15/07/2018
CDU contra final
da feira RuralBeja
A CDU contesta a decisão da Câmara Municipal de Beja, liderada pelo socialista Paulo Arsénio, de não dar continuidade à feira RuralBeja, que decorria no mês de Outubro.
00h00 - domingo, 15/07/2018
"Heróis da Água" é
sucesso nas escolas
O projecto "Heróis da Água", promovido pela Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja, voltou a ter uma grande receptividade da comunidade escolar em 2017-2018, passando por cerca de 20 escolas do concelho de Beja.
01h00 - sábado, 14/07/2018
PCP questiona Governo
sobre Linha do Alentejo
O PCP quer saber por que razão o Governo decidiu avançar com os projectos técnicos para a electrificação da Linha do Alentejo apenas no troço entre Casa Branca e Beja, excluindo a restante ligação até à Funcheira e à Linha do Sul.

Data: 13/07/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial