Fonte municipal explica ao \"CA\" que este colectivo de pintura automática de Amesterdão (Holanda) é conhecido, desde a década de 90, em alguns circuitos académicos e independentes de arte contemporânea internacional \"devido à sua presença activa em eventos e exposições\".' /> Exposição de artes plásticas em Aljustrel [Correio Alentejo] Fonte municipal explica ao \"CA\" que este colectivo de pintura automática de Amesterdão (Holanda) é conhecido, desde a década de 90, em alguns circuitos académicos e independentes de arte contemporânea internacional \"devido à sua presença activa em eventos e exposições\".' >
00h00 - sábado, 14/04/2018

Exposição de artes
plásticas em Aljustrel

Exposição de artes plásticas em Aljustrel

O Centro d'Artes de Aljustrel recebe a partir deste sábado, 14, pelas 17h30, a exposição "CAPA/ Collective Automatic Painting Amsterdam", que reúne obras de Freddy Flores Knistoff, José Estevão, James Burns e Jorge Herrera Fuentealba.
Fonte municipal explica ao "CA" que este colectivo de pintura automática de Amesterdão (Holanda) é conhecido, desde a década de 90, em alguns circuitos académicos e independentes de arte contemporânea internacional "devido à sua presença activa em eventos e exposições".
"Os artistas do grupo CAPA não aceitam os dogmas 'fundadores' e as 'perspectivas fixas' impostos pela sociedade capitalista, e questionam-se sobre a capacidade de poder atingir a liberdade, sem confundir esta com a decadência, vivendo mais uns para os outros, criando um mundo mais sustentável", acrescenta a autarquia.
A exposição do CAPA chega a Aljustrel, onde vai estar patente até 3 de Maio, pela mão de José Estevão, natural da "vila mineira" mas que desde 1972 vive na Holanda, onde estudou animação cultural, ciências políticas e filosofia. O seu trabalho (pintura e cerâmica) tem sido exposto em várias galerias e festivais na Holanda, Bélgica, Espanha e EUA.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 13/11/2018
Odemira aposta na
valorização do rio Mira
Materializar a política de valorização das margens do rio Mira na área do concelho de Odemira, desde a barragem de Santa Clara até Vila Nova de Milfontes é o objectivo do Plano Estratégico e Operacional de Valorização do Rio Mira, promovido pela Câmara de Odemira.
07h00 - terça, 13/11/2018
Documentário filmado
em Mértola premiado
O documentário "Terra", co-realizado por Hiroatsu Suzuki e Rossana Torres e filmado no concelho de Mértola, arrecadou o prémio para melhor filme da competição portuguesa durante a última edição do festival DocLisboa.
07h00 - segunda, 12/11/2018
Cine-teatro de Almodôvar
pronto para reabrir portas
Depois de cerca de seis anos de obras de requalificação, com atrasos e muitos problemas pelo meio, o cine-teatro municipal de Almodôvar vai reabrir portas no próximo ano de 2019.
07h00 - segunda, 12/11/2018
PCP alerta para falta
de médicos em Ourique
Um em cada cinco utentes residentes no concelho de Ourique não tem médico de família atribuído, num total de 1081 pessoas, sobretudo oriundas da freguesia de Garvão.
07h00 - segunda, 12/11/2018
Câmara de Odemira elogia
abandono do projecto
de prospecção de petróleo
A Câmara de Odemira aprovou a 31 de Outubro, por unanimidade, manifestar a congratulação pelo facto de o consórcio ENI/ GALP ter abandonado o projecto de prospecção e exploração de petróleo ao largo do Alentejo Litoral.

Data: 09/11/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial