07h00 - sexta, 13/07/2018

Somincor vai fazer estudo
sobre o seu impacto na região

Somincor vai fazer estudo sobre o seu impacto na região

A Somincor, empresa concessionária da mina de Neves-Corvo, no concelho de Castro Verde, vai realizar dois estudos integrados com o objectivo de "melhor compreender as comunidades e os parceiros" da região onde opera. Nesse sentido, o Inquérito de Percepção e o Estudo de Impacto Sócio-económico serão realizados, "de forma independente", por um conjunto de especialistas da Universidade de Lisboa nos cinco concelhos onde a mina tem "influência": Castro Verde, Almodôvar, Aljustrel, Ourique e Mértola.
"Pretendemos estabelecer um perfil psico-social que nos permita saber quais as expectativas das comunidades em relação à empresa, como são percepcionados os seus impactos, qual a percepção das pessoas acerca da operação de Neves-Corvo e quais os efeitos da sua presença nas pessoas e na economia da região", explica ao "CA" o administrador-delegado da empresa.
Segundo Kenneth Norris, os dois estudos ajudarão também "a identificar os actuais impactos sócio-económicos, sejam positivos ou negativos, e a melhorar a forma como a Somicor cria e estabelece relações na região".
Os dados para a realização dos dois estudos serão recolhidos até ao final deste mês de Julho, sendo que no caso do Inquérito de Percepção serão realizadas 400 visitas aleatórias porta-a-porta na área de influência de Neves-Corvo.
Por sua vez, o Estudo de Impacto Sócio-económico será realizado com dados de fontes oficiais e entrevistas a representantes de municípios, aldeias adjacentes à mina de Neves-Corvo e outras entidades relevantes do Alentejo.
"Avançar com a realização destes estudos integrados é também o nosso sinal de transparência e vontade de construir uma comunicação aberta e bi-direccional com as comunidades, com espaço para ouvirmos percepções e preocupações sobre a nossa operação e os nossos impactos", acrescenta o administrador-delegado da Somincor.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - sábado, 22/09/2018
Associação ambiental
nasce na aldeia de Fortes
Contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população local é o objectivo da recém-criada Associação Ambiental de Amigos das Fortes (AAAF), aldeia no concelho de Ferreira do Alentejo.
07h00 - quinta, 20/09/2018
Mértola quer construir
CAO para deficientes
A Câmara Municipal e a Santa Casa da Misericórdia de Mértola pretendem avançar, em parceria, com a construção de um Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) para a área da deficiência.
07h00 - quinta, 20/09/2018
Detido por tráfico de
droga em Almodôvar
A GNR de Almodôvar, através do seu Núcleo de Investigação Criminal, deteve na terça-feira, 18 de Setembro, um homem de 50 anos por suspeitas da prática do tráfico de estupefacientes naquela localidade.
07h00 - quarta, 19/09/2018
Câmara de Aljustrel
vai ampliar Centro Escolar
A Câmara de Aljustrel vai ampliar o Centro Escolar Vipasca, no sentido de dotar o equipamento de mais salas de aula para o pré-escolar e primeiro ciclo do ensino básico, a par de novos espaços para as actividades extra-curriculares e do Centro de Animação Infantil Municipal e de uma nova sala polivalente que sirva todo o Agrupamento.
07h00 - quarta, 19/09/2018
CM Castro Verde apoia
passeios de reformados
A Câmara de Castro Verde vai apoiar os passeios anuais de reformados do concelho que irão realizar-se nas diferentes freguesias nas próximas semanas e que terão como destino vários locais no país.

Data: 14/09/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial