07h00 - terça, 12/02/2019

ACT investiga acidente
nas minas de Aljustrel

ACT investiga acidente nas minas de Aljustrel

A Autoridade para as Condições do Trabalho já abriu um inquérito para apurar as causas e circunstâncias do acidente ocorrido nesta segunda-feira, 11, nas minas de Aljustrel, que causou uma vítima mortal, de 46 anos, e um ferido grave, de 25.
O acidente vai também ser investigado pelas empresas Almina, concessionária das minas, e Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro (EPDM), onde as duas vítimas trabalhavam.
O acidente ocorreu às 11h11 de segunda-feira, numa galeria mineira, quando a carrinha em que seguiam os dois trabalhadores caiu para um fosso com 30 a 40 metros de profundidade. O sinistro causou a morte a um homem de 46 anos e ferimentos graves a outro de 25 anos, que se encontra hospitalizado em Beja.
No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Aljustrel, INEM e GNR.
Entretanto, em comunicado, a Câmara de Aljustrel veio a público lamenta o acidente ocorrido na mina, enviando "um forte abraço de solidariedade a toda a comunidade mineira e, em particular, aos trabalhadores da mina de Aljustrel neste momento tão doloroso".
No comunicado emitido nesta terça-feira, 12, a autarquia revela que o presidente da Câmara Municipal esteve sempre em contacto com o Centro Distrital de Operações de Socorro, com o técnico da Protecção Civil Municipal presente no local do acidente e com os responsáveis da empresa mineira.
Também a família do ferido internado no hospital em Beja foi contactada pela Câmara Municipal, "que prestou informações permanentes sobre o estado de saúde do acidentado, colocando-se ao dispor desta os serviços municipais", adianta a autarquia.
O Município articulou, igualmente, com a empresa mineira e com os serviços de saúde, "a prestação de apoio psicológico aos familiares da vítima mortal do acidente, a quem se endereçam sentidas condolências", acrescenta o comunicado da Câmara de Aljustrel.

Notícia actualizada às 13h57 de terça-feira, 12, com o comunicado da Câmara Municipal de Aljustrel


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - segunda, 19/08/2019
Cuidadores têm um papel essencial
Uma das "chaves" para o sucesso da Unidade Domiciliária de Cuidados Paliativos (UDCP) de Mértola são os cuidadores, por norma os cônjuges e/ou os filhos dos utentes apoiados.
07h00 - segunda, 19/08/2019
Trabalho da Unidade Domiciliária é para continuar
Com nove anos de existência no terreno, a UDCP de Mértola entrou recentemente numa nova fase da sua actuação, com financiamento garantido pelo Portugal 2020, através do POISE.
07h00 - segunda, 19/08/2019
Mértola tem unidade domiciliária
para os cuidados paliativos
A vida de Eugénio Encarnação foi passada em água, navegando noites a fio pela corrente do Guadiana a partir da Penha d'Águia.
07h00 - segunda, 19/08/2019
ART de Castro Verde
premiada pelo BPI/La Caixa
A ART-Associação de Respostas Terapêuticas, de Castro Verde, foi uma das 24 entidades recentemente distinguidas no âmbito da primeira edição do Prémio Infância do BPI/ La Caixa.
07h00 - sexta, 16/08/2019
Poupança de água
promovida em Mértola
Quatro juntas de freguesia do concelho de Mértola assinaram nesta quarta-feira, 14, com a Câmara Municipal local, as declarações de honra para a atribuição de prémios no âmbito do concurso "Dar o litro por Mértola".

Data: 09/08/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial