12h30 - sexta, 11/04/2008

Moura vai celebrar o azeite na 10ª Olivomoura

Moura vai celebrar o azeite na 10ª Olivomoura

Promover o sector da olivicultura, com forte peso na economia local, dinamizar o intercâmbio entre produtores, industriais e empresas, e contribuir para a criação de novas oportunidades de negócio são os principais objectivos da 10ª edição da Olivomoura – Feira Nacional de Olivicultura, certame organizado pela Câmara de Moura no Parque Municipal de Feiras e Exposições local no próximo mês de Maio, entre os dias 8 e 11.
"Queremos dar o nosso contributo [ao sector], porque entendemos que a olivicultura tem de continuar a ser um dos elementos fundamentais da nossa base económica", sublinhou o autarca José Maria Pós-de-Mina durante a sessão de apresentação da feira, na segunda-feira, 7, na sede da Associação de Municípios do Baixo Alentejo e Alentejo Litoral, em Beja.
A iniciativa, de cariz bienal, alterna com a feira de olivicultura de Campo Maior e apresenta este ano uma série de novidades, entre as quais uma "Rota dos Azeites do Alentejo", sessões de massagens com azeite ou um concurso nacional de azeites virgem. Tudo para afirmar um sector em expansão e cada vez mais na ordem do dia.
"Por circunstâncias diversas, o sector da olivicultura ocupa hoje um plano importante do ponto de vista da discussão pública. É também por isto que esta X edição da Olivomoura se organiza na altura certa", advogou o autarca mourense.
Em simultâneo com a Olivomoura, decorre também a 14ª Feira do Bovino Mertolengo, promovendo outro sector económico "importante" no concelho. Daí a ambição revelada por José Maria Pós-de-Mina, que pretende captar apoios financeiros, via QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional, para concluir o Parque de Leilão de Gado.
A X Olivomoura – Feira Nacional de Olivicultura e a XIV Feira do Bovino Mertolengo são promovidas por uma comissão organizadora, onde além da Câmara de Moura se contam também o CEPAAL – Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo, a ADEMO – Associação para o Desenvolvimento dos Municípios Olivícolas Portugueses, a Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, a Direcção Regional de Agricultura do Alentejo, e as associações de Criadores de Bovinos Mertolengos, Equestre de Moura, de Jovens Agricultores de Moura, e de Criadores do Rafeiro Alentejano, de Micro, Pequenos e Médios Empresários do Alentejo Interior.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 19/11/2017
Bloco de Esquerda cria
Concelhia em Odemira
Reforçar a actividade do partido na Assembleia Municipal de Odemira e nas assembleias de freguesia do concelho é um dos grandes objectivos da nova Concelhia de Odemira do Bloco de Esquerda (BE).
00h00 - domingo, 19/11/2017
JS Beja reelegeu
Manuel C. Coelho
O jovem Manuel de Castro Coelho foi reeleito presidente da Concelhia de Beja da Juventude Socialista (JS) e traça como metas "fazer mais" por Beja e pelos jovens do concelho.
00h00 - sábado, 18/11/2017
PCP questionou
Ministério da Educação
O PCP critica o Governo por este não ter adiantado novidades sobre a requalificação das escolas secundárias de Castro Verde, Odemira e Serpa durante a discussão na especialidade do Orçamento de Estado 2018.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Médicos veterinários
reúnem em Castro Verde
A vila de Castro Verde recebe entre esta sexta-feira e sábado, dias 17 e 18 de Novembro, a quinta edição das Jornadas Técnico-Veterinárias do Campo Branco.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Câmara de Castro Verde
prepara orçamento para 2018
A Câmara de Castro Verde concluiu na noite de quarta-feira, 15 de Novembro, o ciclo de sessões pelo concelho para recolha contributos da população no âmbito da preparação das Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento para 2018.

Data: 10/11/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial