07h00 - quarta, 01/07/2020

Despertar celebra
100 anos de existência

Despertar celebra 100 anos de existência

Foi a 24 de Junho de 1920 que dois grupos de jovens, entre os 13 e os 15 anos e todos eles operários, decidiram fundir o Libertário com o Infantil e criar o Despertar Sporting Clube.
Desde então passaram-se 100 anos recheados de histórias e conquistas, com muitas vitórias (e algumas derrotas) à mistura, que fazem do "Rasga" um símbolo da cidade e do futebol no Baixo Alentejo, sobretudo no futebol de formação.
"A história, o número de praticantes, os títulos, as condições logísticas proporcionadas, a integração das famílias e encarregados de educação e, acima de tudo, a cumplicidade e o compromisso dos nossos atletas para com o clube falam por si", enfatiza com orgulho o presidente do clube bejense.
Para Jorge Martelo, os 100 anos de existência agora celebrados pelo Despertar são o resultado da "dedicação e envolvimento de muita gente" em prol de um clube que ao longo de um século soube adaptar-se"permanentemente à modernidade e evolução dos tempos", aproveitando "todas as oportunidades para construir um futuro sólido e independente, sobretudo no que diz respeito à parte financeira".
"Nisso o Despertar marcou muitas vezes a diferença para os outros clubes, fazendo escolhas e definido prioridades, mesmo que abdicando por vezes da vertente desportiva. […] Isso permitiu que as suas bases fossem sólidas e um ponto de partida para tudo aquilo que conhecemos hoje", vinca Jorge Martelo ao "CA", destacando, nesse capítulo, o trabalho desenvolvido ao longo de quase duas décadas por um dos seus antecessores, Mariano Baião.
"Ele teve a capacidade e a visão de perceber o futebol a longo prazo, enriquecendo e criando as bases sólidas do Despertar, investindo na vertente desportiva, principalmente nos escalões de formação. […] E por tudo isto, neste momento, podemos dizer que o Despertar, perante todas as adversidades dos tempos, conseguiu projectar e planear o futuro, conciliando responsabilidade social e desempenho desportivo", afirma.
Os elogios de Jorge Martelo estendem-se igualmente ao "empenho", "entrega" e "trabalho" da direcção que lidera, "a qual tem demonstrado a todos, mesmo aos mais cépticos, que veio para mudar o rumo do Despertar em definitivo". "É só olhar para os últimos dois anos! E está tudo dito", vinca.

Novos desafios
Agora que estão cumpridos 100 anos, que novos desafios se colocam ao "Rasga"? Segundo Jorge Martelo, estes "estão alinhados com a missão e visão do clube, apostando fortemente na formação de jovens atletas, pessoal e desportivamente", e na afirmação da equipa sénior no campeonato distrital da 1ª divisão, para que "numa segunda fase" possa vir a "ser um potencial candidato às provas nacionais".
"Relativamente à formação, gostaríamos de nos afirmar no panorama nacional com as nossas equipas de futebol 11, colocando na 'montra' os nossos atletas, para que o grandes 'tubarões' abram ainda mais as portas ao jovem jogador baixo-alentejano", acrescenta o presidente do Despertar.
Numa visão de mais curto-médio prazo, está nos planos do Despertar a valorização e reforço do investimento na qualidade de treino e nos serviços clínicos do clube; a valorização da formação de âmbito técnico-desportivo e de âmbito clínico, "visando ganhos qualitativos a nível pessoal, social e desportivo" de atletas, dirigentes e colaboradores; e a melhoria contínua da prática desportiva, "em particular, as condições de treino e competição, assim como todas as condições logísticas disponibilizadas" aos atletas.
Tudo isto, conclui Jorge Martelo, ajudará a cumprir aquele que tem sido o lema da actual direcção de Despertar: "Afirmando o passado, construindo o futuro".


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
22h13 - sexta, 10/07/2020
Covid-19: Testes negativos a
trabalhadores da Somincor
Os trabalhadores da Somincor, empresa mineira de Neves-Corvo, testados nesta quinta-feira, 9, ao coronavírus Covid-19 tiveram resultado negativo, adianta a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Castro Verde.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Criminalidade diminuiu no distrito de Beja em 2019
O distrito de Beja é o quinto mais seguro em todo o país, tendo registado um decréscimo na criminalidade geral em 2019.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Programa de apoio à
cultura esgotado em Beja
A cidade de Beja vai receber, nos próximos meses, três exposições, cinco sessões de contos, quatro sessões de teatro e marionetas e 11 espectáculos musicais, fruto das candidaturas apresentadas ao Programa Municipal de Apoio à Cultura (PEAC).
07h00 - sexta, 10/07/2020
Diocese de Beja assinala
250 anos da sua restauração
A 10 de Julho de 1770 foi restaurada, pelo Papa Clemente XIV, a Diocese de Beja, data assinalada 250 anos depois neste fim-de-semana, 10 a 12, com diversas iniciativas de cariz religioso.
07h00 - sexta, 10/07/2020
Um caso de Covid-19
identificado em Neves-Corvo
Um trabalhador da Somincor residente no concelho de Almodôvar foi identificado como estando infectado com Covid-19, adiantaram nesta quinta-feira, 9, a Câmara Municipal e o Serviço Municipal de Protecção Civil de Castro Verde.

Data: 10/07/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial