07h00 - quarta, 29/07/2020

Prémio de Mérito
Escolar "chumbado"
em Castro Verde

Prémio de Mérito Escolar "chumbado" em Castro Verde

A maioria CDU na Assembleia Municipal de Castro Verde "chumbou", na segunda-feira, 27, a criação do Prémio de Mérito Escolar para os alunos do concelho, proposta que tinha sido previamente aprovada, com os votos favoráveis dos vereadores do PS e da CDU, na Câmara Municipal. Em comunicado, o PS de Castro Verde considera "lamentável e incompreensível" a posição dos eleitos comunistas, desde logo "porque, na Câmara Municipal, os dois vereadores da CDU votaram duas vezes a favor" desta iniciativa.
"Incompreensível porque, durante os 60 dias de consulta pública, nenhum eleito da CDU fez correcções ou sequer participou no processo. Incompreensível porque, depois de 41 anos sem nada fazer nesta matéria, a CDU não quer que outros o façam", acrescentam os socialistas.
Para o PS, este projecto da Câmara Municipal visava "valorizar o mérito escolar" e "reconhecer o esforço, a dedicação, a disciplina, a responsabilidade cívica e o aproveitamento dos alunos do quinto ao 12º ano de escolaridade".
"Infelizmente, a CDU não concorda e não quer este estímulo e valorização dos nossos alunos e opta por um voto partidário inexplicável 'chumbando' o projecto. Isto quando, curiosamente, em Alcácer do Sal, Grândola ou Santiago do Cacém, três concelhos onde lidera os municípios, aprovou projectos semelhantes a este e em Castro Verde vota contra", termina o comunicado do PS.
Por seu lado, a CDU justifica a sua posição com o facto de, no documento apresentado, "a noção de mérito e a consequente distinção" se subsumir "ao mérito académico, designadamente, ao desempenho escolar ao nível dos conhecimentos, valorizando apenas as classificações".
"Este documento omite o reconhecimento de condutas cívicas, dedicação, assiduidade e participação activa em iniciativas e projectos das escolas do agrupamento ou ainda o empenho em acções meritórias, como o voluntariado", acrescenta a declaração de voto da CDU.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 12/08/2020
Seca no Parque Natural
do Sudoeste Alentejano
preocupa autarcas
Os presidentes das câmaras municipais de Odemira, Sines, Aljezur e Vila do Bispo manifestaram-se preocupados com a seca que afecta as bacias do Mira e do Barlavento algarvio, exigindo "a elaboração de planos de contingência" para fazer face a uma situação que "tende a agravar-se".
07h00 - quarta, 12/08/2020
Castro Verde: Presidente da Assembleia Municipal renuncia ao cargo
A presidente da Assembleia Municipal de Castro Verde, Ana Paula Baltazar, eleita pela CDU, apresentou a sua renúncia ao cargo e ao mandato de vogal neste órgão na noite desta terça-feira, 11, em sessão extraordinária da Assembleia.
07h00 - quarta, 12/08/2020
CM Ourique faz obras nos balneários
do pavilhão da EB 2,3/ Secundária
A Câmara de Ourique está a proceder a obras no interior e na cobertura dos balneários do pavilhão da Escola Básica (EB) 2,3/ Secundária local, num investimento avaliado em cerca de 23 mil euros.
12h00 - terça, 11/08/2020
Regantes do Roxo querem
água a preço "mais justo"
Os regantes beneficiados pelo perímetro de rega do Roxo, no concelho de Aljustrel, defendem um "ajustamento" do preço cobrado pela água do Alqueva, por forma a garantir a "rentabilidade" das explorações agrícolas.
07h00 - terça, 11/08/2020
Autarca de Ourique exige
rapidez na ligação entre
o Roxo e Monte da Rocha
O presidente da Câmara Municipal de Ourique, Marcelo Guerreiro, insiste na necessidade de o projecto de ligação da albufeira do Monte da Rocha, situada no concelho, ao Alqueva avançar "o mais rapidamente possível".

Data: 07/08/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial