07h00 - terça, 17/11/2020

Odemira cria Bolsa de Emprego
em Emergência Municipal

Odemira cria Bolsa de Emprego em Emergência Municipal

A Câmara de Odemira vai constituir uma Bolsa de Emergência Municipal, designada BEM/ Covid-19, no sentido de assegurar "a capacidade de resposta" das instituições com actividade nas áreas social e da saúde afectadas pela pandemia da Covid-19.
De acordo com a autarquia odemirense, o objectivo passa pela criação de uma bolsa de 30 pessoas "para reforço do pessoal de apoio às estruturas residenciais do concelho e que será mobilizada para uma estrutura residencial em caso de surto", por forma a "salvaguardar os cuidados prestados e a manutenção das valências em caso de surto da doença Covid-19".
"No entretanto, os cidadãos que integrem a bolsa ficarão a exercer funções numa das 10 estruturas residenciais, reforçando a respectiva equipa" dessa instituição particular de solidariedade social (IPSS), acrescenta.
A Câmara de Odemira explica ainda que esta iniciativa decorre da sua candidatura ao programa MAREESS-Medida de Apoio ao Reforço de Emergência de Equipamentos Sociais e de Saúde, promovido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).
Segundo a autarquia, são destinatários da BEM/ Covid-19 os desempregados beneficiários de subsídio de desemprego, de subsídio de desemprego parcial ou de subsídio social de desemprego.
A medida destina-se igualmente a desempregados beneficiários do rendimento social de inserção, outros desempregados inscritos no IEFP, desempregados que não se encontrem inscritos no IEFP, trabalhadores com contrato de trabalho suspenso ou horário de trabalho reduzido, trabalhadores com contratos de trabalho a tempo parcial, estudantes (designadamente do ensino superior) e formandos (preferencialmente de áreas relacionadas com os projectos, desde que com idade não inferior a 18 anos).
Os reformados e pensionistas também podem ser integrados, enquanto desempregados, com ou sem inscrição no IEFP, "desde que não tenham mais de 60 anos e não pertençam aos grupos de risco", acrescenta a Câmara de Odemira.
Os interessados em integrar a BEM/ Covid-19 devem enviar e-mail a manifestar a intenção em aderir à Bolsa para accao.social@cm-odemira.pt ou pedir informações através do contacto 961 620 618.
Os cidadãos que integrem a Bolsa de Emergência Municipal receberão uma remuneração de acordo com a regulamentação aprovada, alimentação, transporte, seguro de acidentes e equipamento de protecção individual.
Recorde-se que no concelho de Odemira existem oito estruturas residenciais de idosos, uma estrutura dedicada a cidadãos portadores de deficiência e uma Unidade de Cuidados Continuados.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 25/11/2020
GNR sinaliza 3.403 idosos sozinhos
ou isolados no Baixo Alentejo
Um total de 3403 idosos foram sinalizados pela GNR nos 14 concelhos do distrito de Beja por viverem sozinhos e/ou isolados.
07h00 - quarta, 25/11/2020
Odemira entrega prémios
"Espírito Empreendedor"
Um projecto na área da cosmética e um "restaurante sobre rodas" são os vencedores da quinta edição dos prémios "Espírito Empreendedor"em 2020, promovido pela Câmara de Odemira no âmbito do Odemira Empreende-Programa Municipal de Empreendedorismo e Emprego.
07h00 - terça, 24/11/2020
Almodôvar distinguida
como "Autarquia
Familiarmente Responsável"
A Câmara de Almodôvar foi distinguida, pela quinta vez consecutiva, com o galardão de "Autarquia Familiarmente mais Responsável", atribuído pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, que acompanha as melhores práticas em matéria de responsabilidade familiar nas políticas locais.
07h00 - terça, 24/11/2020
EMAS de Beja retoma
projecto "Heróis
da Água" nas escolas
A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja retomou, na passada semana, o projecto "Heróis da Água", direccionado para os alunos do primeiro ciclo do ensino básico do concelho.
07h00 - terça, 24/11/2020
Igreja Matriz de Aljustrel
vai ter obras de requalificação
Já está aprovada a candidatura para recuperação e beneficiação da Igreja Matriz de Aljustrel, investimento a rondar os 200 mil euros que permitirá "a conservação e reabilitação deste importante monumento" e "ícone do património religioso, cultural e arquitectónico no concelho".

Data: 20/11/2020
Edição n.º:

Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial