09h59 - quarta, 24/12/2008

José Sócrates apadrinha solução empresarial na mina de Aljustrel

José Sócrates apadrinha solução empresarial na mina de Aljustrel

O primeiro-ministro, José Sócrates, congratulou-se ontem à tarde com a solução encontrada para as minas de Aljustrel, que vai permitir a um grupo português retomar a laboração naquele complexo mineiro e começar a explorar um outro, no mesmo concelho.
"Esta solução é boa por vários motivos. Porque permite que as minas [de Aljustrel] voltem a trabalhar e a do Gavião entre em funcionamento, mas também porque, pela primeira vez, Portugal vai ter uma empresa mineira dirigida por portugueses", disse.
O primeiro-ministro falava aos jornalistas nas instalações da Pirites Alentejanas, concessionária das minas, após a assinatura do contrato de compra e venda de acções daquela empresa entre a Lundin Mining, anterior proprietária, e a portuguesa MTO, nova dona.
Além disso, foi assinado um memorando de entendimento entre o Estado e a MTO para a concessão da exploração da mina do Gavião, igualmente no concelho de Aljustrel.
José Sócrates voltou hoje a Aljustrel, oito meses após ter presidido à cerimónia que marcou o arranque simbólico da retoma da produção comercial na mina de Aljustrel.
Na altura, o primeiro-ministro apontou o projecto de reactivação daquela mina alentejana como exemplo dos projectos necessários para Portugal, por ter envolvido investimento, criado emprego e contribuído para o reforço das exportações.
No entanto, o projecto da Lundin Mining, que previa que o complexo estivesse a funcionar em pleno em 2009, parou no passado dia 13 de Novembro, com a suspensão da extracção e da produção, devido à baixa cotação do zinco no mercado.
Entretanto, a Lundin Mining vendeu a mina de Aljustrel à MTO, a "holding" familiar dos irmãos Carlos e Jorge Martins, accionistas da Martifer.
O primeiro-ministro revelou hoje que, quando a Lundin Mining comunicou que "ia ter dificuldades", o executivo considerou "imediatamente que esta era a altura para incentivar um grupo português a ser dono de uma mina".
"Não só as minas de Aljustrel vão retomar a laboração, como, ainda por cima, vão ser dirigidas por um grupo português", salientou José Sócrates, considerando um valor "acrescentado" ter uma empresa nacional na mina alentejana.
O chefe do Governo disse também ser "absolutamente fundamental que o conjunto das duas minas", de Aljustrel e do Gavião, possa "ter futuro".
"Isto quer dizer que [o conjunto das duas minas] vai ter mais emprego, mais actividade e, com isso, contribuir com mais riqueza para Aljustrel e para o país", afirmou, explicando que o Estado limitou-se a dar condições à MTO para explorar Aljustrel e investir na do Gavião.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - terça, 26/03/2019
"Poder da Colaboração"
debatido em Odemira
Mobilizar e inspirar a comunidade para a relevância estratégica da colaboração é o grande objectivo da sessão "O poder da Colaboração", que o cine-teatro Camacho Costa, em Odemira, recebe nesta terça-feira, 26, a partir das 14h30.
07h00 - terça, 26/03/2019
Sessões em Castro sobre
limpeza de terrenos
Santa Bárbara de Padrões recebe nesta terça-feira, 26 de Março, a primeira de cinco sessões de esclarecimento sobre limpeza de terrenos promovida pela Câmara de Castro Verde em parceria com a GNR, a Autoridade Nacional de Protecção Civil, o ICNF e as juntas de freguesia do concelho.
07h00 - terça, 26/03/2019
Jovens identificados
por furto em Ervidel
A GNR identificou no final da passada semana dois jovens, um de 19 e outro de 15 anos, por suspeitas da prática do crime de furto no interior das instalações de uma associação em Ervidel, no concelho de Aljustrel.
07h00 - terça, 26/03/2019
Detido por violência
doméstica em Aljustrel
Um homem de 28 anos foi detido pela GNR em Aljustrel no final da passada semana pela prática do crime de violência doméstica, tendo ficado em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Beja por ordem do juiz.
07h00 - segunda, 25/03/2019
Semana Gastronómica
do Borrego em Castro
A Câmara de Castro Verde promove a partir desta segunda-feira, 25 de Março, a segunda edição da Semana Gastronómica do Borrego, em que 13 restaurantes de Castro Verde e Entras vão apresentar nas suas ementas pratos à base de borrego do Campo Branco.

Data: 22/03/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial