10h46 - sexta, 26/12/2008

Câmara de Mértola aprova orçamento "ambicioso" para 2009

Câmara de Mértola aprova orçamento "ambicioso" para 2009

A criação de uma pista de águas bravas no concelho e dinamizar o crescimento da economia local são duas das principais "marcas" das Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento para 2009 ratificados pela Assembleia Municipal de Mértola, depois de ambos os documentos terem sido aprovados pelo executivo da autarquia.
Ao todo, a Câmara da vila-museu orçamentou para o próximo ano um valor total de 20.673.279 euros, montante que se traduz num aumento de 2,7 por cento face a 2008. Quanto ao peso do investimento na estrutura da despesa da edilidade, regista-se um aumento de 1,5 por cento, passando para 54,4 por cento da despesa global.
"É um orçamento ambicioso, que tem em conta a nossa linha estratégica de actuação enquanto executivo deste Município. Reflecte muitas das que são as opções tomadas desde o primeiro ano de mandato. E muito do investimento para 2009 e 2010 vem encadeado, como deve ser, com essa linha de actuação", explica ao "Correio Alentejo" o presidente da Câmara Municipal, Jorge Rosa.
O autarca reconhece, contudo, que havia mais projectos a incluir nas GOP que tiveram de ser adiados face às restrições orçamentais. "Só avançámos com as obras, projectos e actividades que achámos que teriam de avançar mesmo em 2009. Temos mais de 40 projectos em carteira, que se tivéssemos disponibilidade financeira avançariam todos, nomeadamente em termos de saneamento básico e arruamentos", assevera.

Desporto e economia.

O projecto mais arrojado e, simultaneamente, mais emblemático das GOP e Orçamento da Câmara de Mértola para 2009 é a criação de uma pista de águas bravas. A obra está avaliada em cerca de 7,5 milhões de euros, estando praticamente confirmado o apoio do Estado.
"Consideramos este projecto prioritário para Mértola e acreditamos que ele poderá trazer muito para todo o concelho. [...] Não só pelos benefícios que estamos certos que trará para o desenvolvimento do concelho e da vila da Mértola, como pela revitalização que trará ao comércio local e a novos sectores de negócio", afiança Jorge Rosa, que recentemente esteve nas localidades espanholas de Zaragoza e La Seu d'Urgell (perto de Andorra), onde constatou que infra-estruturas semelhantes geraram na economia local mais-valias três vezes superior ao investimento realizado.
O desenvolvimento económico é, precisamente, outras das bandeiras do novo orçamento, que nesse âmbito prevê a aposta num conjunto de acções, nomeadamente o Festival Islâmico (em Maio), a remodelação dos mercados de Mértola e da Mina de São Domingos, a entrada em funcionamento do ninho de empresas (conciliado com o novo FAME - Finicia) e a criação da Loja da Terra.

Saneamento, habitação e património. À margem do projecto da pista de águas bravas e do desenvolvimento económico, o orçamento da Câmara de Mértola para 2009 dedica particular atenção a sectores como o saneamento básico, a habitação e o património. Neste último, a autarquia pretende avançar com as acções de requalificação do interior do castelo e dos núcleos museológicos existentes, assim como concluir o circuito de visitas da Alcáçova.
No que toca ao saneamento, está prevista a conclusão das obras em Algodor, Penilhos, Via Glória, Espírito Santo, Vale de Açor de Baixo e Viegas, além de ir ser ampliada a ETAR de Mértola, ao passo que em matéria de habitação a autarquia prevê apoios para as famílias carenciadas e a recuperação de casas no centro histórico para habitação social, além de novos loteamentos na vila museu e na Mina de São Domingos.
A reparação de algumas estradas municipais e rurais consta também das GOP do próximo ano, assim como a manutenção de políticas de apoio aos mais carenciados, nomeadamente com o cartão social, os subsídios para os casais que tenham um segundo filho ou a possível aquisição de uma segunda unidade móvel médico-social.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
07h00 - quarta, 22/05/2019
EMAS Beja dinamiza
Mini-OP entre jovens
Seis projectos apresentados por jovens alunos de quatro instituições de ensino do concelho de Beja estão em votação na primeira edição do "Mini-Orçamento Participativo", promovido pela Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMAS) de Beja.
07h00 - quarta, 22/05/2019
Aluna de Castro Verde
em concurso nacional
A jovem Ana Bastos, natural de Castro Verde, vai representar a região do Baixo Alentejo no Concurso Nacional "Faz Acontecer", que se realiza no próximo sábado, 25 de Maio, no arquipélago dos Açores.
07h00 - quarta, 22/05/2019
SEF identifica cidadãos
irregulares em Beja
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) identificou na passada semana 16 cidadãos estrangeiros, 10 dos quais sem autorização para trabalhar em território nacional, durante uma operação de fiscalização numa propriedade agrícola em Beja.
07h00 - terça, 21/05/2019
Dia de Campo
em Castro Verde
A Associação de Agricultores do Campo Branco (AACB), com sede em Castro Verde, promove nesta terça-feira, 21 de Maio, uma visita aos seus Campos de Ensaio e Experimentação de cereais de Outono/ Inverno, de forragens, de silo-forragens e de pastagens melhoradas.
07h00 - segunda, 20/05/2019
Odemira exige
medidas para novas
instalações agrícolas
A Assembleia Municipal de Odemira exige ao Governo que sejam tomadas medidas preventivas imediatas "quanto a novos investimentos em instalações agrícolas no território" até que seja produzida decisão definitiva sobre as propostas apresentadas pelo Grupo de Trabalho do Mira para o sector.

Data: 17/05/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial