07h00 - quarta, 23/12/2009

Reis magos entregam prendas em Beja

Reis magos entregam prendas em Beja

Os utentes do Centro de Paralisia Cerebral de Beja (CPCB) receberam terça-feira, 22, prendas de Natal das mãos de reis magos que chegaram montados em dois camelos árabes.
Na festa natalícia deste ano do CPCB, o Pai Natal foi substituído por dois sócios de uma empresa de Beja que aluga camelos, Luís Figueira e António Gaspar, e por um funcionário do centro, José Manuel, que, trajados a rigor, encarnaram respectivamente as figuras de Belchior, Gaspar e Baltasar.
A entrada dos reis magos "de faz de conta", montados nos dromedários do sexo feminino que transportavam as prendas no dorso, surpreendeu os utentes do CPCB, que esperavam, no jardim da instituição, a chegada do Pai Natal para a entrega das prendas.
"Não esperava isto nem tinha ideia. O que eu esperava era mesmo o Pai Natal como sempre. Curti a sério", confessou à Lusa o utente do CPCB Bento.
Após receber a prenda, Bento, que nunca tinha visto camelos ao vivo, "só na televisão", aproximou-se de um dos dromedários para lhe fazer "festinhas".
"Gostei, foi fixe, muito bonito e diferente, porque estávamos à espera do Pai Natal e não disto. Foi mesmo uma surpresa", disse a utente do CPCB Sandra, que, tal como Bento, também "nunca tinha visto camelos a sério".
"Há muitos anos que é o Pai Natal que vem ao centro, mas este ano vieram camelos e os reis magos. É diferente e muito bonito", explicou o utente do CPCB Sérgio.
Os utentes "adoraram a surpresa e ficaram extremamente felizes", salientou a psicóloga do CPCB, Lurdes Freitas, explicando que o centro, para a entrega das prendas de Natal deste ano, teve a ideia de substituir o Pai Natal pelos reis magos e contactou a Rent-a-camel.
Dois dos sócios da empresa, que aluga camelos para vários eventos, como feiras medievais, festas temáticas e anúncios publicitários, alinharam na ideia e decidiram "oferecer a surpresa" aos utentes do CPCB.
A oferta "partiu da preocupação da empresa com instituições ligadas a crianças e jovens deficientes", explicou Luís Figueira, sócio da empresa e rei mago Belchior por uma tarde, frisando que o objectivo foi "permitir um momento diferente e de alegria pelo Natal" aos utentes do CPCB.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - sábado, 26/05/2018
Vítimas de violência
doméstica com novo
apoio em Mértola
A Câmara de Mértola, através do Núcleo de Educação e Desenvolvimento Social, conta desde este mês de Maio com um serviço de atendimento às vítimas de violência doméstica.
07h00 - sexta, 25/05/2018
Carlos Moedas participa em iniciativas em Beja
O bejense Carlos Moedas, actual comissário Europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, vai estar nesta sexta-feira, 25, na cidade de Beja, participando em duas iniciativas.
07h00 - sexta, 25/05/2018
Procuradora japonesa
no Lab UbiNet do IPBeja
A procuradora do Ministério Publico de Tóquio, capitão do Japão, visita nesta sexta-feira, 25 de Maio, o laboratório UbiNET do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja).
07h00 - sexta, 25/05/2018
Professor de Beja acusado de
536 crimes de abuso de menores
Um professor de 48 anos de Beja foi acusado pelo Ministério Público de Beja de um total de 536 crimes, na sua maioria de abuso sexual de quatro crianças.
07h00 - quinta, 24/05/2018
Alunos de Aljustrel
apresentam propostas
A Assembleia Municipal de Aljustrel vai debater em Junho as duas propostas mais votadas pelos alunos durante a última sessão Assembleia Munucipal Jovem, que teve como tema "Marketing Territorial: Património (histórico, mineiro e religioso)".

Data: 18/05/2018
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial