16h34 - domingo, 27/12/2009

Cheia resolvida na linha ferroviária da Somincor

Cheia resolvida na linha ferroviária da Somincor

Está resolvido o problema causado pelo grande caudal de água na Ribeira da Zambujeira, em Castro Verde, que levou à criação de uma barragem artificial junto à linha de caminho de ferro que serve a mina de Neves-Corvo.
Habitualmente com cerca de sete metros de largura, a ribeira aumentou substancialmente porque os canais que permitem o escoamento da água, com cerca de 1,60 metros de diâmetro, acabaram por ficar entupidos com a forte carga de detritos ali acumulados. Esta situação levou à criação de uma autêntico lago artificial que exerceu pressão sobre o talude da linha de caminho de ferro e ameaçou rebentar a infra-estrutura, que se tranformou num dique artifical com dois quilómetros de extensão e oito de profundidade.
O risco de rebentamento e de uma inundação na zona a Sul da linha levou os serviços da Protecção Civil a admitir a colocação de dinamite para fazer explodir o talude mas, na manhã deste domingo, 27, o dique, que estava a travar a corrente, cedeu e permitiu que a água acumulada pela chuva dos últimos dias fosse libertada.
No sábado, 26, a Protecção Civil tinha estado a abrir algumas zonas de escoamento, o que favoreceu também a libertação das águas. Neste momento, na zona de cheia, a torrente parece não estar a provocar grandes estragos, dado que as casas existentes estão numa zona mais alta, embora algumas estradas continuem momentaneamente cortadas devido à existência de muita água. Contudo, o forte caudal provocado numa outra linha de água, a ribeira de Maria Delgada, pode vulnerabilizar ainda mais uma ponte situada na estrada entre Castro Verde e Almodôvar. O estado de conservação desta ponte não é o melhor, tendo mesmo a circulação condicionada há vários meses.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
22:40, Segunda-feira, 28 de Outubro de 2017
o próprio
E agora?
Os leitos de cheia estão obstruidos por sistema, os cálculos errados só se fala em cheias dos cem anos mas o que estamos a observar é que elas passaram a ser de decénios, á alguém que vai ter de explicar onde falham as previsões e também os alertas das alterações do meio ambiente se não devem ser contemplados

07h00 - quarta, 13/12/2017
Auditoria às contas
da Câmara de Castro
O novo executivo da Câmara Municipal de Castro Verde, liderado pelo socialista António José Brito, decidiu avançar com uma auditoria externa às contas da autarquia do Campo Branco.
07h00 - quarta, 13/12/2017
Odemira revela
vencedores do OP
A Câmara de Odemira revela nesta quarta-feira, 13, pelas 19h00, as propostas vencedoras da edição de 2017 do "Orçamento Participativo" (OP), numa iniciativa que vai decorrer no Salão Nobre dos Paços do Concelho.
07h00 - terça, 12/12/2017
CM Odemira mantém redução de impostos
A Câmara de Odemira vai manter em 2018 o desagravamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), da participação no IRS e da Derrama, aplicando valores idênticos aos do presente ano.
07h00 - terça, 12/12/2017
Politécnico de Beja
dedica dia à aviação
O auditório do Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) recebe nesta terça-feira, 12, o evento "Open Day/ I Can Fly", dedicado ao sector da aviação e que vai contar com a presença de diversas entodades ligadas à área.
07h00 - terça, 12/12/2017
CM Mértola prepara
orçamento de 2018
O executivo da Câmara de Mértola reuniu na passada semana com os presidentes das sete freguesias do concelho, n sentido de preparar o Orçamento e Grandes Opções do Plano (GOP) para 2018.

Data: 07/12/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial