08h29 - terça, 18/10/2011

Freguesias do distrito de Beja vão hastear bandeiras negras e colocar faixas contra extinção

Freguesias do distrito de Beja vão hastear bandeiras negras e colocar faixas contra extinção

Juntas de freguesia do distrito de Beja vão hastear bandeiras negras e colocar faixas nas suas sedes contra a extinção de freguesias prevista na reforma da administração local, que, alertam, "só contribuirá para um maior despovoamento e desertificação".
Juntas de freguesias do distrito de Beja estão "frontalmente contra a extinção ou aglomeração de qualquer freguesia, a não ser por vontade própria dos seus órgãos e das suas populações", disse hoje à Agência Lusa o coordenador distrital de Beja da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE), Álvaro Nobre.
Por isso, as juntas vão manifestar o seu "repúdio pela extinção de freguesias" através de várias "formas de luta", como hastear bandeiras negras e colocar faixas nas suas sedes a dizer "Não à extinção da nossa freguesia", o que deverá acontecer a partir do final desta semana, disse.
Para "envolver e mobilizar a população na luta", as juntas vão promover plenários, vigílias e assembleias de freguesia extraordinárias com a participação das populações e um abaixo-assinado, que, após recolhidas as assinaturas necessárias, será entregue na Assembleia da República.
Segundo o também presidente da Junta de Freguesia de Cabeça Gorda, no concelho de Beja, as juntas querem promover uma manifestação em frente da Assembleia da República no dia em que o abaixo-assinado for entregue.
As "formas de luta" foram decididas num encontro que decorreu no sábado, em Beja, e juntou representantes de "cerca de 40" das 100 juntas de freguesia do distrito, disse Álvaro Nobre.
O encontro, promovido pela delegação de Beja da ANAFRE, serviu para analisar o Documento Verde da Reforma da Administração Local proposto pelo Governo.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
15:37, Terça-feira, 18 de Março de 2019
Vai- a Odemira perguntar



Odemira é que pode dizer se vale a pena ser grande ou não?



Pelo menos mais nenhum concelho tem essa experiencia de ser grande como Odemira sempre foi.



É pena é que Odemira para o Terreiro do Paço não exista.



07h00 - terça, 26/03/2019
"Poder da Colaboração"
debatido em Odemira
Mobilizar e inspirar a comunidade para a relevância estratégica da colaboração é o grande objectivo da sessão "O poder da Colaboração", que o cine-teatro Camacho Costa, em Odemira, recebe nesta terça-feira, 26, a partir das 14h30.
07h00 - terça, 26/03/2019
Sessões em Castro sobre
limpeza de terrenos
Santa Bárbara de Padrões recebe nesta terça-feira, 26 de Março, a primeira de cinco sessões de esclarecimento sobre limpeza de terrenos promovida pela Câmara de Castro Verde em parceria com a GNR, a Autoridade Nacional de Protecção Civil, o ICNF e as juntas de freguesia do concelho.
07h00 - terça, 26/03/2019
Jovens identificados
por furto em Ervidel
A GNR identificou no final da passada semana dois jovens, um de 19 e outro de 15 anos, por suspeitas da prática do crime de furto no interior das instalações de uma associação em Ervidel, no concelho de Aljustrel.
07h00 - terça, 26/03/2019
Detido por violência
doméstica em Aljustrel
Um homem de 28 anos foi detido pela GNR em Aljustrel no final da passada semana pela prática do crime de violência doméstica, tendo ficado em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Beja por ordem do juiz.
07h00 - segunda, 25/03/2019
Semana Gastronómica
do Borrego em Castro
A Câmara de Castro Verde promove a partir desta segunda-feira, 25 de Março, a segunda edição da Semana Gastronómica do Borrego, em que 13 restaurantes de Castro Verde e Entras vão apresentar nas suas ementas pratos à base de borrego do Campo Branco.

Data: 22/03/2019
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial