08h36 - quarta, 11/04/2012

Empresa Laranjinha, de Sines, acusada por sindicato de fazer "lock out"

Empresa Laranjinha, de Sines, acusada por sindicato de fazer "lock out"

Um sindicato apresentou esta terça-feira, 10, à Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) uma queixa contra a empresa Laranjinha, de Sines, acusando-a de fazer <i>lock out</i>, ao parar ilegalmente a actividade e impedir o acesso dos trabalhadores.
"Apresentámos uma queixa na delegação de Beja da ACT contra a empresa" Laranjinha, porque "está a fazer <i>lock out</i>", o que "viola" a Constituição e o Código do Trabalho, disse à Lusa Helena Cardoso, do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal.
Segundo a sindicalista, a empresa, que comercializa peixe fresco e congelado, "está a fazer <i>lock out</i>", porque "paralisou ilegalmente a actividade" e, desde segunda-feira, 9, está a "impedir o acesso dos trabalhadores ao local de trabalho".
Após um período de férias, que decorreu entre 28 de Fevereiro e domingo, os 34 trabalhadores da Laranjinha apresentaram-se na segunda-feira ao trabalho e encontraram a empresa "fechada".
Na tarde de terça-feira a gerência da Laranjinha reuniu-se com os trabalhadores e durante a reunião entregou-lhes "um papel para irem para o desemprego, que não tem qualquer fundamento e é ilegal", contou Helena Cardoso.
Durante a reunião, acrescentou, a gerência da Laranjinha "convidou" os trabalhadores, que têm o salário de Março e o subsídio de férias de 2011 "em atraso", a "despedirem-se", através da rescisão dos respectivos contratos de trabalho.
Segundo Helena Cardoso, a empresa Laranjinha já apresentou este ano, em tribunal, dois pedidos de insolvência, sendo que o primeiro foi negado e o segundo aguarda decisão judicial.
A Lusa tentou sem sucesso contactar a gerência da Laranjinha.


COMENTÁRIOS

* O endereço de email não será publicado
00h00 - domingo, 19/11/2017
Bloco de Esquerda cria
Concelhia em Odemira
Reforçar a actividade do partido na Assembleia Municipal de Odemira e nas assembleias de freguesia do concelho é um dos grandes objectivos da nova Concelhia de Odemira do Bloco de Esquerda (BE).
00h00 - domingo, 19/11/2017
JS Beja reelegeu
Manuel C. Coelho
O jovem Manuel de Castro Coelho foi reeleito presidente da Concelhia de Beja da Juventude Socialista (JS) e traça como metas "fazer mais" por Beja e pelos jovens do concelho.
00h00 - sábado, 18/11/2017
PCP questionou
Ministério da Educação
O PCP critica o Governo por este não ter adiantado novidades sobre a requalificação das escolas secundárias de Castro Verde, Odemira e Serpa durante a discussão na especialidade do Orçamento de Estado 2018.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Médicos veterinários
reúnem em Castro Verde
A vila de Castro Verde recebe entre esta sexta-feira e sábado, dias 17 e 18 de Novembro, a quinta edição das Jornadas Técnico-Veterinárias do Campo Branco.
00h00 - sexta, 17/11/2017
Câmara de Castro Verde
prepara orçamento para 2018
A Câmara de Castro Verde concluiu na noite de quarta-feira, 15 de Novembro, o ciclo de sessões pelo concelho para recolha contributos da população no âmbito da preparação das Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento para 2018.

Data: 10/11/2017
Edição n.º:
Contactos - Publicidade - Estatuto Editorial